Torres Vedras: 2 detidos na Operação West Price

Numa operação conjunta do Comando Territorial de Lisboa, através do Destacamento de Trânsito (DT) de Torres Vedras, e da Unidade de Acção Fiscal (UAF), através do Destacamento de Acção Fiscal (DAF) de Lisboa, a GNR, hoje, dia 1 de Setembro, deteve dois homens, de 37 e 50 anos, pela prática dos crimes de burla qualificada, falsificação de documentos, corrupção activa e passiva e fraude fiscal qualificada, a nível nacional.

Na sequência de várias denúncias de burla na subtracção de quilómetros em veículos usados, primeiramente importados e posteriormente colocados à venda em stands automóveis nacionais, apurou-se que a actividade criminosa se estendia à obtenção de vantagens patrimoniais ilegítimas, através de um esquema fraudulento baseado em circuitos de facturação fictícios e simulação de negócio, que tinha por finalidade concretizar a evasão e fraude ao IVA no comércio automóvel. A actividade criminosa permitiu aos seus responsáveis obter uma vantagem patrimonial ilegítima de pelo menos um milhão de euros.

No decorrer da operação, foram realizadas 37 buscas, das quais, 11 domiciliárias, 19 não domiciliárias e sete em veículos automóveis, tendo culminado na apreensão do seguinte:

· 19 veículos;

· Uma máquina de fazer chapas de matrícula;

· Várias chapas de matrícula;

· Diversa documentação.

Os detidos, um dos quais militar da GNR, encontram-se nas instalações da Guarda, para serem presentes no dia 3 de Setembro, ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste – Sintra, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

A operação empenhou, para além da Unidade de Acção Fiscal (UAF) e do Comando Territorial de Lisboa, os Comandos Territoriais de Setúbal e Santarém, num total aproximado de 100 militares, contando ainda com a colaboração de funcionários da Autoridade Tributária e Aduaneira, do Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária (PJ) e do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.