Trio que roubou e sequestrou turista foi apanhado pela PSP

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, deteve 3 homens, com idades compreendidas entre os 31 e os 48 anos, por serem suspeitos da prática de um crime de roubo.

A PSP, na prossecução de uma estratégia de combate e prevenção à criminalidade violenta e grave, direccionada, entre muitas, às zonas de diversão nocturna, promoveu uma operação de controlo e vigilância tendente a neutralizar um foco de roubos verificado na zona do Cais do Sodré, Bica e Bairro Alto.

Assim, no passado dia 23, pelas 04:50, o ofendido, um turista recém-chegado a Lisboa, foi interpelado pelos suspeitos, os quais o agrediram violentamente, sendo desapossado imediatamente de um Smartwatch.

Após este ato o turista foi ameaçado e coagido pelos suspeitos a deslocar-se ao multibanco a fim de fornecer o código de acesso do seu cartão bancário no intuito de os mesmos efectuarem levantamentos de quantias monetárias, aumentando o valor do saque.

Tal ato não foi possível face à rápida intervenção dos Polícias da PSP, que estavam discretamente a vigiar as imediações, conseguindo observar o ofendido com diversas escoriações na face e os suspeitos a gritarem para este, prontamente intercederam pelo mesmo, impedindo-os de continuar tamanha e violenta conduta, sendo detidos em flagrante delito.

O ofendido teve de receber tratamento hospitalar e está longe de perigo. A PSP recuperou o bem roubado (relógio), tendo este sido de imediato restituído ao legítimo proprietário.

Os detidos foram presente no DIAP de Lisboa, e posteriormente submetidos a 1.º Interrogatório Judicial, tendo sido aplicado a um dos suspeitos a medida de coação de Apresentações Diárias, e aos restantes a medida de Apresentações Bissemanais.

Todos os detidos apresentam um longo historial de crimes contra o património, tendo inclusive sido detidos e indiciados pela PSP em factos igualmente violentos, alguns a aguardar a respectiva tramitação e desfechos processuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.