Turismo Taurino: O Impacto em Vila Franca de Xira!

No passado dia 27 de Setembro, Vila Franca de Xira acolheu as III Jornadas de Turismo, nas quais se abordou o turismo taurino.

Aquando dessas jornadas, o Infocul marcou presença, tendo entrevistado o vereador da câmara e ainda Hélder Milheiro da Prótoiro.

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira apresenta agora as conclusões dessas jornadas. Abaixo, apresentamos as conclusões e os resultados acerca da importância do Turismo Taurino no concelho.

Turismo Taurino: potencial estratégico para o concelho de Vila Franca de Xira

O tema “tauromaquia” tem sido debatido de diversas perspetivas, em consequência da mudança constante da visão das pessoas sobre o uso de animais em espetáculos como as corridas de touros, entre tantos outros pontos que parecem banalizar, reduzir e, em muitos casos, acabar com certas tradições e culturas. Mas não era por este caminho que pretendíamos ir, uma vez que factos como esse nos desfocam da diferenciação, mas também do potencial estratégico para o concelho de Vila Franca de Xira. Cremos que este potencial e aposta num recurso tão vilafranquense e tão português se traduziria num aumento da procura turística deste nicho, além de se consolidar a procura residual ao longo do ano em eventos específicos. Há muito mais diferenciador e característico que pode ser aproveitado para os turistas (além dos referidos espectáculos e eventos). Embora nos pareça simples e uma aposta sem valor, por nos estar tão enraizado, há público para isso – e cada vez mais, como nos mostram os dados estatísticos que recolhemos no Posto de Turismo e que foram apresentados nas III Jornadas. Por forma a reforçar o valor deste recurso no Município de Vila Franca de Xira estão em curso alguns projectos para o médio e longo prazo. Numa visão (mais) macro, pensamos no potencial do turismo taurino como uma aposta a médio prazo. Uma vez que o objetivo passa por construir um produto que seja diferenciador e com base na nossa cultura e valores identitários. O aproveitamento dos diversos recursos num programa a ser vendido por operadores turísticos num futuro próximo é uma realidade a que pretendemos chegar. O mote do 2º painel foram os dados do Posto de Turismo desde 2014, que revelam a evolução da procura turística pelo destino Vila Franca de Xira, em particular a sua motivação pela “tauromaquia”, a qual não tem parado de aumentar. Quando falamos de tauromaquia não podemos resumi-la aos espetáculos – corridas de touros, esperas e largadas, entre outros -, pelo que trouxemos para o debate pessoas de diferentes vertentes da tauromaquia. Contámos com a presença de dois campinos, um operador turístico (a trabalhar a temática das ganadarias) e um elemento de uma associação defensora dos valores da tauromaquia – a Pró-Toiro. Estava prevista a presença de um ganadero – Dr. Joaquim Grave – mas, devido a um acidente no campo dias antes, não pôde estar connosco”.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6441 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.