União das Misericórdias Portuguesas lança plataforma digital para consulta pública de donativos

juntos todos

 

 

A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) informa que no âmbito da campanha de mobilização para apoio humanitário e social à população afetada pelos incêndios florestais, ocorridos em junho último na região centro do país, está a disponibilizar a plataforma digital “Juntos por Todos” para a consulta pública de todos os donativos angariados.

 

 

Através da plataforma www.juntosportodos.org, desenvolvida pela empresa F3M, poderão ser consultados de forma totalmente transparente todos os apoios concedidos e os donativos angariados. Será ainda complementada com uma área reservada, acessível para os técnicos da UMP envolvidos na gestão deste processo.

 

 

 

Conforme anteriormente divulgado, a UMP angariou donativos no valor de 1.811.421,59 euros, que contempla os donativos doados à conta solidária aberta na Caixa Económica Montepio Geral, as receitas (bilheteira e chamadas de valor acrescentado) obtidas com o concerto “Juntos por Todos”, realizado no MEO Arena, e um concerto promovido pela Câmara Municipal de Aveiro.

 

 

 

Sobre o montante total angariado, a UMP despendeu 192.610,50 euros (no pagamento do IVA e de despesas associadas ao processo, de acordo com o previsto na Lei). O montante líquido para apoio das vítimas dos incêndios é de 1.618.811,09 euros.

 

 

 

Num total de 41 habitações permanentes atribuídas à parceria da UMP com a Fundação Calouste Gulbenkian, em articulação com o Fundo Revita, autarquias das regiões afetadas pela catástrofe e outros parceiros, já foram concluídas as obras de reconstrução parcial de cinco habitações das zonas afetadas pelos incêndios florestais. Está ainda em curso a reconstrução total de 12 habitações e a reconstrução parcial de 24 habitações – número em constante atualização.

 

 

 

A UMP, juntamente com a Fundação Calouste Gulbenkian, está a trabalhar continuamente em estreita articulação para apoiar todas as famílias afetadas por estes incêndios e evitar a duplicação de apoios.

 

 

 

Enquanto promotora da economia social, a UMP tem pautado a sua atuação pelo diálogo entre as Misericórdias e os diversos parceiros institucionais, participando ativamente na definição e execução de políticas públicas sociais, com o objetivo de assegurar respostas sociais e de saúde que contribuam para o desenvolvimento de uma rede de apoio para o bem-estar da população.

 

 

 

Em todo o território português existem atualmente 387 Misericórdias, algumas com mais de 500 anos de existência. Apoiando diariamente mais de 165 mil pessoas em todo o país em áreas sociais estratégicas, como a educação, saúde, inclusão socioprofissional, as Misericórdias detém 18 hospitais e 111 unidades de cuidados continuados.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6789 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.