Ventura desafia Filomena Cautela a “viver com uma família cigana em casa” durante uma semana! Será aceite?

Está para durar o bate-boca, via redes sociais, entre André Ventura, deputado e líder do Chega, e a apresentadora de TV, Filomena Cautela.

Cara Filomena, acho que te posso tratar por tu, já temos algum passado. Vamos acordar um desafio: passas uma semana a viver com uma família cigana em casa e depois dizes publicamente se me continuas ou não a chamar fascista e racista? Pode ser?“, escreveu Ventura no Twitter recuperando uma notícia da TV 7 Dias.

Já não é de agora as provocações mutuas.

A última aconteceu quando Filomena Cautela falou sobre fascismo, no último 5 para a meia-noite que apresentou, e André Ventura lhe respondeu.

Mas já antes tinha existido uma troca de ‘bocas’, entre ambos, quando Filomena Cautela fez ‘humor’ com um vídeo de Ventura e o deputado respondeu.

41 thoughts on “Ventura desafia Filomena Cautela a “viver com uma família cigana em casa” durante uma semana! Será aceite?

  • Avatar

    André a Filomena não quer nada, é bonita e inteligente demais para ti seu príncipe do Shrek, aquele, o charming, burro todos os dias e com a mania que tem poder….

    Reply
    • Avatar

      Estava se a falar de política. Eu tenho famílias ciganas vizinhas e você tem? É que não é nada fácil. Depois ainda há dezenas de drogados na rua. Tbm tem? Pois é

      Reply
      • Avatar

        Viver com familias ciganas.. deve ser muito mais agradavel do que viver com um charlatão que é uma cópia rasca dos fascistas populistas que por ai andam…

        Reply
          • Avatar

            Meu grande ignorante

          • Avatar

            Depois quando vê o cigano foge.
            Até bolinhas fazê pelas calças a baixo
            André André o teu dia está a chegar

      • Avatar

        Estas a provocar a etnia cigana.Depois admira-te…
        Na campanha eleitoral vais às feiras?

        Reply
        • Avatar

          É isso que o país necessita, mais covardes que por medo não mencionam os problemas sociais. Apontar os problemas de determinadas comunidades é racismo, se os factos apresentados são reais? A realidade é racista? Ou é a ditadura do politicamente correto que é covarde e mentirosa?

          Reply
          • Avatar

            Deixem o Ventura governar amigos.
            Isto de qualquer jeito tem de mudar.
            Se não, em breve os Portugueses não têem voto na matéria.
            Só nos falta cag____nos em cima.
            CHEGA

          • Avatar

            Não aguentavas duas horas.

          • Avatar

            Deviam era ir viver com uma família numa casa sem condições de habitabilidade sem água nem saneamento, seja a família cigana ou de outra etnia qualquer. Sim porque todos temos uma origem uma etnia mas, não é isso que define quem somos.
            J

        • Avatar

          Que parvoíce. Se eu defender os macacos carecas da Amazônia isso obriga-me a ter um em casa? O que AV tem é de respeitar ciganos, pretos, anões e quem quer que seja, que é coisa que ele não faz por se achar de raça superior.

          Reply
          • Avatar

            Há pessoal q não foram paridas ..foram, de certeza, cagadas. Há cada comentário aqui q só de pessoal q ainda não se limpou… E azar meu… também votam!…

      • Avatar

        Mas será k não à outras noticias nesta pgina se não com este monte de merda deste ventura?

        Reply
      • Avatar

        Eu também vivo com ciganos no meu prédio e é gente do mais cordial que há. Nunca vi, nem vejo DEZENAS ou CENTENAS de drogados na rua. Não sei em que ruas andas. Em Portugal não deve ser de certeza.

        Reply
      • Avatar

        Eu tive de vender a minha casa, pois na rua que eu morava, aparecia de toda a espécie de seres humanos, desde pessoas de pele negra/branca com carros de porta aberta a fazer barulho com música até tarde, ciganos bêbados a jogar a batota, e atirar as garrafas de vidro pro chão onde supostamente deveria haver crianças a brincar, negros e brancos a consumir droga, e a vender droga em plena luz do dia, com total imunidade… E o mais interessante no meio disto tudo é que quase nenhum deles morava ali, vinham de todos os lados causar distúrbios, desacatos, ofensas sem qualquer retaliação por parte das autoridades. E eu cidadão trabalhador pai de 2 bebés sou obrigado a vender a casa que comprei 8 anos antes, para construir a minha família por causa destas bestas. Humanas, que de nada tem de humano, estas manifestação contra-racismo não são mais que manifestações pro-racismo, pois vamos lá ver, quem é que é o racista na minha história verídica? Eu que tive de sair da minha casa ou os outros que me fizeram sair da minha casa por faltas de respeito em todos os níveis?? Quem os defende deveria pegar neles e ir para uma cidade e ficar lá com eles todos assim os restantes teriam o descanso que merecem.

        Reply
      • Avatar

        O paradigma dos ciganos, para bem desta comunidade que teima em viver à parte e longe das n/ tradições, hábitos e costumes, devia ser profundamente estudada.
        Há muita hipocrizia de quem diz que está tudo bem. Todos sabemos que não está e que esta comunidade tem problemas gravíssimos de comportamento, derrespeito ás leis portuguesas e a maioria acha que está acima das leis. Pôr a cabeça na areia nada resolve. Bater em quem denuncia as suas práticas, também não. Deixem-se de hipócrizia e tratem do problema.

        Reply
    • Avatar

      Este Paulinho…. quando foi distribuída a inteligência devias estar escondido atrás de uma coluna….

      Reply
    • Avatar

      Filomena Cautela linda e inteligente?. Para a achar bonita realmente é preciso ter mau gosto. Inteligente, basta ver o concurso da RTP 1 para se deduzir que a coitadinha não vai a lado nenhum…. Ainda não entendi porque continua na televisão só a dizer disparates… Mas é isso que deves gostar… Falar muito é nada dizer, só por uns gostos no face ou coorrelativos.

      Reply
    • Avatar

      Inteligente aceito agora bonita kkkk so se forem os olhos dela mais nada

      Reply
  • Avatar

    Para que chama shrek aos outros em tom depreciativo só demonstra que não entendeu nada do filme, deve ser daqueles ignorantes que não entende o sentido histórico dos momentos. ( grande elevação na crítica, imagino lá em sua casa como se devem tratar) , assinado, a Democracia é para todos, não é exclusivo da esquerda.

    Reply
    • Avatar

      Mas qual o problema do chega ser um partido de extrema direita?
      Temos 2 ou 3 partidos de extrema esquerda e ninguém se preocupa! Onde está a democracia?

      Reply
      • Avatar

        Não é preciso meter os lelos em casa, ela que venha morar um mês onde eu moro e depois diga de sua justiça.

        Reply
      • Avatar

        Provavelmente porque os média e a sociedade em geral só sabem é ridicularizar a “extrema direita” e associá-la ao Nazismo… Não?
        Essa deve ser, imagino eu, a razão principal de um extremismo ser aceite e o outro não.
        É nacionalista/populista? É NaZi… Esquecendo-se que o socialismo TAMBÉM é NaZi.

        Reply
        • Avatar

          Entao es socialista??? É preciso ser-se muito idiota..

          Reply
      • Avatar

        Em Portugal, não há extrema esquerda…nem extrema direita.

        Reply
      • Avatar

        A diferença é que os partidos que chamas de extrema esquerda não defendem as enormidades que a extrema direita trauliteira do AV defende. E além disso querem a melhoria das condições de vida de TODOS os portugueses. Não apenas dos que são machistas, racistas, xenófobos, fascistas, milicianos, heterosexuais.

        Reply
    • Avatar

      Experimente então viver próximo deles e vai ver a maravilha que é, eu no Alentejo conheci alguns há mais de 50 anos, mas esses eram educados, viviam das vendas ambulantes, não têm nada a ver com os de agora que vivem de subsídios à nossa conta e não querem trabalhar apesar de terem bons carros

      Reply
    • Avatar

      O Costa não é populista? O anúncio dos jogos a realizar em Portugal da champions foi um grande ato de humildade, não foi populismo?
      Por azar foi um flop a castigar tanta incompetência.

      Reply
      • Avatar

        Eu tive de vender a minha casa, pois na rua que eu morava, aparecia de toda a espécie de seres humanos, desde pessoas de pele negra/branca com carros de porta aberta a fazer barulho com música até tarde, ciganos bêbados a jogar a batota, e atirar as garrafas de vidro pro chão onde supostamente deveria haver crianças a brincar, negros e brancos a consumir droga, e a vender droga em plena luz do dia, com total imunidade… E o mais interessante no meio disto tudo é que quase nenhum deles morava ali, vinham de todos os lados causar distúrbios, desacatos, ofensas sem qualquer retaliação por parte das autoridades. E eu cidadão trabalhador pai de 2 bebés sou obrigado a vender a casa que comprei 8 anos antes, para construir a minha família por causa destas bestas. Humanas, que de nada tem de humano, estas manifestação contra-racismo não são mais que manifestações pro-racismo, pois vamos lá ver, quem é que é o racista na minha história verídica? Eu que tive de sair da minha casa ou os outros que me fizeram sair da minha casa por faltas de respeito em todos os níveis?? Quem os defende deveria pegar neles e ir para uma cidade e ficar lá com eles todos assim os restantes teriam o descanso que merecem. 8

        Reply
    • Avatar

      Há ciganos e ciganos, como em todas as etnias existem pessoas boas e pessoas más agora eu acho é que não devemos generalizar .

      Reply
  • Avatar

    O povo português escolheu pessoas competentes para governar o País, ou para andarem a brincar com o nosso dinheiro? Quem os escolheu, também os podem tirar novamente. Por isso, vamos parar para pensar um pouco, está em jogo a vida de todos nós.

    Reply
  • Avatar

    A Filomena anda a passar se, sabe lá ela o que foi o fascismo ou, o comunismo, ela e muitos outros vivem do momento, de modas, do parece me bem dizer isto, fico bem na fotografia e assim, tenho mais likes nas redes sociais. Não é isso que importa?

    Reply
  • Avatar

    Por acaso o sr triguedo sabe o que é fascismo?. Por certo deve andar a viver à custa das benesses que este desgoverno dá a quem nada quer fazer, porque dar o dinheiro dos outros… é fácil. Realmente havias de viver no tempo do Estado Novo…. Trabalhas.. Comes, não trabalhas não comes.

    Reply
  • Avatar

    ÒH Ventura ela teria alguma dificuldade em viver uma semana com uma família cigana? Não passaria a família cigana a ter mais um membro? repare bem na fisionomia dela.

    Reply
  • Avatar

    Eu sou cigana se quiseres podes vir para minha casa

    Reply
  • Avatar

    Quem vem aqui dizer que e fácil viver ao lado de ciganos ou é cigano ou estúpido. Nem imaginam.

    Reply
  • Avatar

    Vamos lá perceber uma coisa… São condenadas as atitudes de falta de respeito pela sociedade. É isso que estamos a ver em diversas situações . Ninguém gosta de arruaceiros nem quem incomoda o cidadão contribuinte… Quem quer ser respeitado, tem que respeitar, seja branco , negro , cigano ou outra raça…. Infelizmente essas ditas minorias resumem-se àquilo que vemos. Por isso se essas minorias respeitarem a sociedade onde vivem, acredito que esse dito racismo deixará de existir.

    Reply
  • Avatar

    Enquanto as pessoas não entenderem que para serem cidadãos de pleno direito, não basta terem só direitos, mas também deveres. E talvez nessa altura se deixe de falar em cores ou etnias.

    Reply
  • Avatar

    Grande repto. É que esta malta do marxismo cultural assumido ou disfarçado, é muito “olhai para o que defendemos, pouco para o exemplo que damos”.

    Começo por reafirmar que para mim o que separa as Pessoas não é a cor da pele, a etnia, mas a cultura. E há cultura da Civilização e cultura da barbárie, por muito que o marxismo cultural tente igualizar hábitos de Civilização com hábitos da barbárie, dizendo que tudo é cultura. Àqueles mais chocantes eles veem com a dita “especificidade cultural”.

    Ora lembro o que disse no passado André Ventura acerca desta discussão à volta da etnia cigana e cito de memória: -«O Estado de direito tem de valer para todos»!

    De facto é isso. O marxismo cultural critica quase sempre hábitos da matriz judaico-cristã, está sempre pronto a lançar etnias contra etnias, pessoas duma cor contra pessoas doutra cor, quando isso resulta a mais das vezes de atos isolados de quem não cumpriu normas do Estado de Direito.

    Vêem em tudo violência sobre os ditos oprimidos por quem tomaram partido e simpatizaram no seu discurso bempensante, porque depois a prática, o seu exemplo de vida no dia a dia contradiz muitas das vezes o seu discurso.

    A propósito dos conceitos “Civilização”, “cultura”, “barbárie” cito parte de um excelente artigo de opinião no mui conceituado blogue de Filosofia “Critica na Rede”:

    « o de “fim de uma civilização” — “passou profundamente de moda”. Tudo porque “”civilização” é uma palavra que as pessoas agora preferem não utilizar”, substituindo-a pelo mais anódino conceito de “cultura”, o qual não permite com tanta facilidade fazer distinções entre diferentes modos de vida: as “culturas” tendem a ter o mesmo valor (ou a ser vistas como tendo o mesmo valor), enquanto a “civilização” é certamente superior à barbárie.

    Ora “civilização” é mais do que “alta cultura”, monumentos sofisticados e uma elite cheia de sabedoria: numa “civilização”, ou numa sociedade civilizada, vive-se por regra melhor, cria-se mais riqueza, permite-se o acesso de mais gente a bens de consumo e a bens culturais, e por aí adiante. »

    José Manuel Fernandes em “O que vem depois do fim de uma civilização”. Em blogue “Critica na Rede”, 15 de Janeiro de 2007 , Filosofia política.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.