Viana do Castelo: Apreensão de lampreia-marinha e de duas embarcações de recreio

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, efectuou na zona litoral norte do país, uma operação durante os dias 5 e 6 Fevereiro, tendo sido apreendidas 23 lampreias-marinhas (Petromyzon marinus) com o valor presumível de cerca de 690 euros.

Nesta operação nos rios Lima (Viana do Castelo) e Cávado (Esposende), foram fiscalizadas diversas embarcações, tendo sido identificados sete indivíduos, com idades compreendidas entre os 30 e 65 anos, que se encontravam a exercer pesca da lampreia-marinha a bordo de embarcações de recreio, com recurso à arte de pesca denominada “bicheiro”, sem que fossem possuidores de licença de pesca profissional. A captura e retenção da lampreia-marinha é proibida na pesca lúdica, sendo apenas autorizada na pesca profissional. Além disso, é proibida a pesca lúdica a bordo de embarcações desde o pôr ao nascer do sol. No decorrer das diligências policiais foram também apreendidas duas embarcações, três redes de tresmalho e dois auxiliares de pesca denominados “bicheiros”.

A lampreia-marinha inicia a sua migração reprodutora nas principais bacias portuguesas no final de Dezembro/início Janeiro, com um pico em Fevereiro/Março, prolongando-se até Maio/Junho. Dada a importância comercial e gastronómica desta espécie em Portugal, a sua procura fomenta a captura e a utilização de meios ilegais, sendo estes factores responsáveis pela diminuição de efectivos populacionais.

Assim, foram elaborados os respectivos autos de contra-ordenação, sendo que o valor das coimas podem atingir o valor de 50 mil euros.

O pescado apreendido, por se encontrar em condições para consumo humano, foi entregue na lota de Viana do Castelo para ser submetido ao regime de primeira venda, mediante leilão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.