Vila Franca de Xira: PSP recupera bens após roubo com arma branca

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Vila Franca de Xira, no dia 14 de agosto, constituiu arguido e submeteu a Termo de Identidade e Residência, um homem com 48 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de roubo.

A vítima deslocou-se à Esquadra informando que havia sido vítima de roubo na via pública, sendo de imediato encetadas diligências com o intuito de identificar o autor do crime.

Foram efetuadas diversas tentativas de chamadas para o telemóvel roubado, tendo o suspeito atendido uma dessas chamadas e acabado por ser intercetado no local onde habitualmente pernoita.

Após adotadas as medidas de segurança e de autoproteção policial adequadas, tendo em conta que havia notícia que o mesmo portava no momento do ilícito uma arma de fogo, a polícia intercetou o suspeito, tendo efetuado a apreensão dos bens subtraídos avaliados em mais de 1000 euros, a arma que se apurou ser de plástico, bem como um boné que o mesmo utilizava aquando do ilícito, o qual não conseguiu provar a sua proveniência, visto ter a identificação de uma empresa de segurança, do qual o mesmo nunca foi funcionário.

O suspeito foi constituído arguido e submetido a Termo de Identidade e Residência. O produto do roubo ( um telemóvel e auriculares) foram recuperados e entregues ao seu legítimo proprietário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.