Ana Garcia Martins recorda sofrimento na morte do irmão e necessidade de terapia

Ana Garcia Martins recorda sofrimento na morte do irmão e necessidade de terapia, para ultrapassar a dor.

Ana Garcia Martins recorda sofrimento na morte do irmão e necessidade de terapia

Ana Garcia Martins, mais conhecida pela ‘A Pipoca Mais Doce’, esteve no programa Júlia, apresentado por Júlia Pinheiro na SIC, esta segunda-feira.

A influencer recordou a morte do irmão, ocorrida quando Ana Garcia Martins tinha apenas 18 anos.

Tinha 18 anos. Eu na altura, não era mãe, obviamente como irmã a dor é enorme e sofre-se imenso, mas não tem nada a ver [com a dor dos pais]”, começou por dizer.

Hoje vejo, sendo mãe de duas crianças, não faço ideia como se sobrevive a uma coisa destas. É uma coisa violentíssima. Mudaram claro, qualquer pai muda, envelheceram 20 anos de um dia para o outro. É uma dor que sabem que vão ter que carregar para sempre”, acrescentou.

Ana Garcia Martins revelou que a sua maior preocupação foi os pais, porém devido a ataques de pânico e ansiedade teve, mais tarde, de recorrer a terapia.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

29,017FãsCurtir
12,945SeguidoresSeguir
308SeguidoresSeguir
203InscritosInscrever