2 milhões de cigarros apreendidos

 

 

A Unidade de Acção Fiscal, através do Destacamento de Acção Fiscal de Faro, ontem, dia 3 de Março, apreendeu 114 mil maços de cigarros sem ostentarem qualquer estampilha fiscal, na Fronteira de Monte Francisco, em Castro Marim.

No âmbito de uma fiscalização rodoviária foi interceptado e fiscalizado um pronto-socorro, que se deslocava para Espanha, o qual rebocava duas viaturas. Os militares verificaram que uma das viaturas rebocadas continha uma quantidade avultada de maços de cigarros no seu espaço de carga, sem ostentarem qualquer estampilha fiscal. O condutor da viatura pronto-socorro, de 38 anos, foi constituído arguido, sendo indiciado pela prática do crime de Introdução Fraudulenta no Consumo, resultado na apreensão de:

· 114 mil maços de cigarros, no total de 2 milhões e 280 mil cigarros;

· Um veículo ligeiro de mercadorias.

A mercadoria apreendida apresenta um valor presumível de 513 mil euros, o que se traduz numa fraude ao Estado superior a 400 mil euros.

Na operação estiveram envolvidos 12 militares do Destacamento de Acção Fiscal de Faro, do Destacamento de Trânsito de Faro e do Destacamento Territorial de Tavira.