André Ventura reeleito presidente do Chega, com 99.1% dos votos

O fundador e deputado único do Chega, André Ventura, foi reeleito presidente neste sábado, obtendo 99,1% dos votos dos militantes que participaram no ato eleitoral, ao qual não se apresentou nenhum outro candidato.

Foi ainda chumbada, em referendo, a proposta para o  regresso da pena de morte em referendo interno, com 56% de votos contra, depois de Ventura se ter afirmado contrário à pena capital devido à sua “fé e formação católica”.

“Não é todos os dias que um líder de um partido com assento no Parlamento, com um ano de desgaste parlamentar, com várias lutas internas e externa, consegue uma percentagem acima dos 99%”, disse Ventura .

Houve 15 votos em branco e 7 nulos.

André Ventura quer “remeter o Bloco de Esquerda e o PCP para o estatuto de quarta, quinta ou sexta forças políticas”, o que faria do Chega o terceiro partido mais votado nas próximas legislativas, tendo “como destino” a chegada ao Governo no espaço de seis anos.

No horizonte próximo está a II Convenção Nacional, marcado para 19 e 20 de Setembro em Évora, na qual serão eleitos os órgãos nacionais do partido.