GNR Bragança deteve homem em flagrante por provocar incêndio

O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Protecção Ambiental (NPA) de Bragança, ontem, 20 de Julho, deteve, um homem, de 64 anos, pelo crime de incêndio florestal na freguesia de Rebordelo, concelho de Vinhais.

Na sequência de uma denúncia de que estaria a decorrer um incêndio florestal, os militares da Guarda deslocaram-se ao local onde detectaram o suspeito, com objectos que indicavam ter sido o responsável por ter provocado a ignição que se propagou e causou o respectivo incêndio. O incêndio consumiu 0,33 ha de mato, não tendo colocado pessoas em risco.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Bragança.

A grande maioria dos incêndios registados no último ano teve origem na realização de trabalhos de gestão de combustível, queimadas e queimas de sobrantes de exploração, pelo que a GNR alerta para que se evitem comportamentos de risco nos espaços florestais e agrícolas e, em caso de incêndio, ligue de imediato para o 112, transmitindo de forma sucinta e precisa a localização, a dimensão estimada e a forma de acesso mais rápida ao local.