Polémica nas redes sociais devido a javali enterrado vivo: “São uma autêntica praga e como tal não afecta minimamente a população”

Uma publicação nas redes sociais está a criar polémica, tudo porque um javali foi enterrado vivo e ferido, perto de Ponte de Lima.

O autor da publicação revela que o javali foi encontrado num percurso das Lagoas, por caminhantes e que alertaram a Área Protegida.

Eu e colegas fomos averiguar ao local o sucedido. Encontramos um animal que tinha paralisia nos membros inferiores e já muito exausto e desgastado. Ele queria se por em pé, mas simplesmente trabalhavam as patas dianteiras, enquanto as traseiras, não as mexia e fazia peão, a tal modo que o saibro duro ficou em lamaçal. Não mostrava sangue, que poderia indicar alvejamento a tiro. Poderia ser pancada com uma viatura, mas a estrada passa a 500 m do local. Ou alguma doença que possa ocorrer nos suínos“, começou por escrever.

O animal estava mais morto que vivo e falamos com alguém da CMPL , para ver se ia ao local um médico veterinário, mas que não apareceu e como tal, houve ordens, para remover do percurso o animal que já estava em muito mau estado. Chamou-se uma máquina rectro escavadora, de modo a acabar rapidamente com o sofrimento do animal, que posteriormente se enterrou. Javalis, nesta zona são uma autêntica praga e como tal não afecta minimamente a população. É a lei da vida, morrem uns para outros animais sobreviverem“.