Prisão Preventiva para dois jovens, por roubos violentos a taxistas

 

 

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 22 de Outubro, em Lisboa, procedeu à detenção de dois jovens, com 18 e 19 anos de idade, por serem suspeitos da prática de vários crimes de Roubo.

Após notícia de uma vaga de roubos a taxista, com recurso a arma branca, a PSP desenvolveu uma operação policial com vista à intercepção dos suspeitos.

Denotava-se premeditação e organização para o cometimento do ilícito e também na fuga por parte dos suspeitos, uma vez que, limitavam totalmente o pedido de socorro por parte das vítimas, despojando-as dos seus telemóveis e chaves da viatura.

Os suspeitos para a concretização dos roubos indicavam ao motorista a deslocação até um local isolado, onde com recurso à técnica “mata-leão”, e ameaça de arma branca, agrediam e roubavam todos os bens existentes, nomeadamente os de maior valor. Recolhidas as características dos suspeitos foram encetadas diligências de investigação que resultaram na intercepção e detenção dos dois suspeitos relativamente a factos ocorridos este passado fim de semana na zona de Lisboa.

Ainda com objectivo de recolher matéria probatória foram realizadas buscas domiciliárias das quais resultou a apreensão da faca utilizada nos roubos, um telemóvel e outros objectos relevantes para a investigação, permitindo desta forma associar os suspeitos à prática de pelo menos, dois roubos a taxistas e ainda um roubo por esticão.

Os detidos foram presentes no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa – Juízo de Instrução de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, sendo aplicada a ambos a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva.

Desta forma vê-se restituída a tranquilidade pública, bem como os níveis do sentimento de segurança junto da comunidade Motoristas de viatura Táxi.

Relembrar que durante o presente ano o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através das suas equipas de investigação criminal, conseguiu efectivar a detenção de mais de uma dezena de suspeitos por Roubos a Taxistas, dos quais 7 foram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva.