Tragédia no Ribatejo: Incêndio destrói sede do Grupo de Forcados Amadores de Alenquer

 

 

Um incêndio destruiu por completo a sede/tertúlia dos Forcados Amadores de Alenquer, na madrugada do passado dia 27 de Julho.

 

 

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa, o alerta foi dado 03:55, tendo sido dado como extinto duas horas depois, tendo sido acorrido ao local 22 operacionais apoiado por 7 viaturas dos bombeiros e das forças de segurança.

 

 

Para já as causas são ainda desconhecidas, certo é que dada a sua intensidade destruíram por completo a sede do referido grupo de forcados, deixando pouca coisa intacta, tal como  refere um dos elementos do Grupo nas redes sociais “para trás fica todo o nosso espólio que desapareceu, desde fotografias antigas, cartéis, troféus….enfim uma desgraça que nunca imaginámos nos poder acontecer, foi ali que vivemos jantares intensos, que se criaram amizades , que rimos , brincámos e onde nos sentávamos à mesa para assuntos sérios! Era o sítio onde as ideias ganhavam pernas! Com isto, apelo a todos vocês, amigos, familiares simpatizantes e a todo o povo Alenquerense que se juntem a nós que, que nos façam acreditar nos nossos sonhos como de “meninos” !!!”, diz André Laranjinha, elemento do grupo.

 

 

No mesmo texto publicado no Facebook termina com um ‘grito de guerra’, pois “A TODOS DOU UMA PALAVRA QUANDO TE FALTAR A SORTE FAZ SOBRAR ATITUDE POIS O AZAR MORRE DE MEDO DE PESSOAS DETERMINADAS E NÓS….NÓS ESTAMOS JUNTOS “UM POR TODOS E TODOS POR UM”!!!

 

 

Fotografia: D.R
Texto: HC/RL