Alex Cameron, The Wedding Present (playing “George Best”), Nothing, Rex Axes, Marvin & Guy e White Haus confirmados no Vodafone Paredes de Coura

paredes

 

A 25ª edição do Vodafone Paredes de Coura está de regresso à praia fluvial do Taboão de 16 a 19 de Agosto.

 

 

Após conquistar o coração da dupla Foxygen, Alex Cameron continua a captar as atenções dos fãs do indie. Depois de iniciar a sua carreira ao lado dos companheiros de turma, em 2006, com Seekae, grupo de forte influência eletrónica, foi em 2013 que Cameron decidiu vingar numa carreia a solo. “Jumping the Shark” é o álbum de estreia que marca a mudança numa carreira de “artista falhado”, como o próprio músico se declarava. O trabalho, reeditado em 2016 pela editora Secretly Canadian, permitiu ao australiano alcançar um novo público.

 

 

Com os britânicos de The Wedding Present viajamos até aos anos 80 onde somos convidados a dançar ao som de “George Best”. O álbum de estreia, editado em 1987, conta com a colaboração do produtor Chris Allison e com o selo da própria Reception Records – editora de The Wedding Present. George Best, jogador de futebol da Irlanda do Norte, é o rosto e nome do álbum composto por 12 temas de indie pop que é, segundo a NME, um dos melhores discos de sempre.

 

 

“Tired of Tomorrow” é o mais recente álbum de estúdio dos americanos Nothing. A banda formada por Domenic Palermo, Bradon Setta, Kylie Kimball e Nick Bassett, nasceu após Palermo ter cumprido dois anos de prisão por tentativa de homicídio e decidir deixar as suas raízes mais agressivas. “Poshlost” foi a demo de apresentação que logo cresceu para o disco de estreia “Guilty of Everything” em 2014.

 

 

O convite à dança chega igualmente de vários pontos do mundo, com as misturas quentes e tropicais de Red Axes, directamente de Tel-Aviv e do duo italiano Marvin & Guy.

 

 

Niv Arzi e Dori Sadovnik vivem o mundo da música desde muito jovens e, enquanto Red Axes, começaram a animar as ruas de Israel antes de, rapidamente, passarem a atuar em grandes salas, de Amesterdão a Tóquio.

 

 

Em 2011, Alessandro Parlatore e Marcello Giordani sentaram-se à sombra de uma palmeira e criaram o projeto Marvin & Guy. Conhecidos pelo talento nas remisturas de sonoridades exóticas, caracterizam os seus temas de Groovy Techno.

 

 

Também numa onda eletrónica o Vodafone Paredes de Coura dá as boas-vindas ao português White Haus. João Vieira é o DJ, músico e compositor que iniciou a sua carreira em Londres nos finais dos anos 90. White Haus está de volta aos palcos do festival e traz com ele o seu mais recente disco “Modern Dancing”, editado em 2016.

 

 

As novas confirmações juntam-se a Foals, At the Drive-In, Nick Murphy (Chet Faker), Beach House, Future Islands, King Krule, Benjamin Clementine, BadBadNotGood, Foxygen, Timber Timbre, Formation, Jambinai!!! (Chk Chk Chk), Ty Segall, Car Seat Headrest, Beak>, Ho99o9, Sunflower Bean, Manel Cruz, Moon Duo, Young Fathers, Andy Shauf, Mão Morta, Jambinai, You Can’t Win Charlie Brown e Toulouse.

 

 

Os passes gerais para a 25ª edição do festival podem ser adquiridos no site oficial do festival e ainda em BOL.pt, Ticketea, Festicket e locais habituais (FNAC, CTT, El Corte Inglés, Worten,…) pelo preço de 90€.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6805 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador