Caixa Ribeira: Programação completa da Escadaria e Igreja de São Francisco

Os meses encolhem e os Palcos do Caixa Ribeira começam a ter alinhados os nomes que por eles desfilarão. A belíssima Igreja de S. Francisco e a sua Escadaria, vão ser dois dos lugares onde o Fado ecoará. Anunciam-se hoje os fadistas que por lá encantarão.

 

Na igreja, José Gonçalez no dia 3 e os fadistas Sérgio Martins, Patrícia Costa, Ana Pinhal e Miguel Xavier que irão cantar “Fados a Nossa Senhora” no dia 4, juntam-se à já anunciada Maria da Fé. Na escadaria Maria do Sameiro no primeiro dia, junta-se a Gonçalo Salgueiro e no dia 4 actuarão José Manuel Barreto e Ana Sofia Varela.

 

 

José Gonçalez tem quase três décadas de carreira e é um dos nomes mais conhecidos e profícuos do Fado. Aos 18 anos estreou-se com “Fado Lusitano” e daí para cá, sublinha-se o encontro com Frei Hermano da Câmara com quem partilhou muitas noites de Fado no espectáculo “Jesus Cristo Anda na Rua”. No ano passado lançou o seu mais recente álbum “Até Deus Gosta de Fado” que será certamente escutado no Caixa Ribeira de 2016” informa a nota de imprensa que acrescenta “são inúmeros os Fados gravados em honra de Nossa Senhora. A Fé ou a espiritualidade, sempre estiveram ligados ao Fado. “Avé Maria Fadista”, “Fado a uma Velhinha”, “Nossa Senhora do Fado” entre outros ressoarão pelas vozes de Patrícia Costa, Ana Pinhal, Miguel Xavier e Sérgio Martins, vozes jovens de grande qualidade que vão cantar “Fados a Nossa Senhora”. Um espetáculo único, num espaço também ele único e especial”.

 

 

A Maria do Sameiro assenta como um vestido perfeito, a expressão deliciosa: “verdadeira mulher do norte”. De uma força imparável, rapioqueira e extrovertida – é assim que se adjetiva -, tem no Fado uma das formas de se exprimir, no entanto só se sente confortável se puder dançar e mexer-se em palco. “Homenagem a Santa Maria” é o seu cartão de visita, mas nos vários trabalhos editados deu-nos a conhecer a também faceta de compositora. Presença assídua nas inúmeras casas de Fado, bem como nas salas de espetáculos por todo o país e estrangeiro, Maria do Sameiro é uma das referências do norte do país. Possui uma voz poderosa que não deixa ninguém indiferente o que lhe valeu a participação no musical Amália de Filipe La Féria” revela a nota de imprensa sobre a fadista.

 

 

Sobre José Manuel Barreto, a nota de imprensa informa que “começou cedo, e por isso teve o privilégio de conviver com nomes como Tristão da Silva, Max, Maria de Lurdes Resende, Carlos Ramos e Rui de Mascarenhas. No entanto, só quando já maturado de idade, é que o Fado se transformou instrumento para viver e ser. Lançou “Amor Presente” em 1988, com produção musical de Luís Pedro Fonseca. Já como fadista profissional começou a atuar na já encerrada casa Nove e Tal, onde cantavam Teresa Tarouca e Nuno da Câmara Pereira. Em 1995, grava dois temas – “O Palhaço” e “Carta ao Vento” – editados na Antologia do Mais Triste Fado, de que participam outros 15 fadistas de grande reconhecimento, entre eles, Fernando Maurício, Manuel de Almeida, Rodrigo, Argentina Santos e Beatriz da Conceição. Em 2001, edita o seu segundo disco a solo, “Fado de Santa Luzia” e em 2012 veio “Fados”, com composições de João Ferreira Rosa, Jorge Fernando, Marco Oliveira, Mário Laginha e Custódio Castelo”.

 

 

Ana Sofia Varela é, “meritoriamente, uma das melhores representantes da designada nova geração de fadistas. Com um currículo vasto, a Alentejana de Serpa, residente em Lisboa, conta no seu histórico artístico, de forma sumária e sem ordem cronológica, com a participação no filme “Fados” de Carlos Saura. Em 2005 vence o Prémio “Amália Rodrigues”, referente à categoria de Melhor Intérprete Feminina e colabora no projeto do lançamento de um CD de homenagem a Carlos Paredes, “Movimentos Perpétuos”” acrescenta a mesma fonte.

 

 

Já confirmados: Aldina Duarte; Ana Sofia Varela, Anita Faria; António Chainho com Paulo de Carvalho e Mafalda Arnauth; António Zambujo; Beatriz; Beatriz Felizardo; Clássicos do Fado interpretados por Rosita, Manuel Barbosa, Maria da Luz e António Cerqueira; Eduardo Faria;

 

Fados a Nossa Senhora:Ana Pinhal, Miguel Xavier, Patrícia Costa e Sérgio Martins Filipa Cardoso; Filipe Duarte; Gisela João; Gonçalo Salgueiro; Helder Moutinho;

 

Homenagem a Fernando Farinha: Miguel Xavier, Patricia Costa, Alexandra Guimarães e Valdemar Vigário;

 

Joana Almeida; Joana Amendoeira; Jorge Fernando; José Geadas; José Gonçalez; José Manuel Barreto; José Manuel Neto; Liliana Luz; Maria Armanda; Maria da Fé; Maria do Sameiro; Maria João Quadros; Miguel Ramos; Manuel Salé; Nádia Bastos; Nelson Duarte; Paulo Ribeiro; Pedro Moutinho; Raquel Tavares; Rodrigo & Florência; Rute Rita;Sandra Correia; Sandra Loureiro; Sara Correia; Simone de Oliveira; Teresa Tapadas; Kiko

 

Fado à Janela: Jorge Silva, Miguel Monteiro, José Manuel Rodrigues

 

 

O bilhete único para os dois dias já está à venda na Blueticket, no Palácio da Bolsa e nos restantes locais habituais. Tem o preço de 28€, passando a 35€ nos dias do Festival, sendo que os clientes da Caixa têm desconto de 10% nos bilhetes adquiridos com cartão da Caixa no Palácio da Bolsa.

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6805 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador