Nuno Cardoso é o novo Director Artístico do Teatro Nacional São João

 

 

 

Nuno Cardoso irá assumir a partir de 1 de Janeiro de 2019 a Direção Artística do Teatro Nacional São João (TNSJ). O actor e encenador substituirá Nuno Carinhas, que assume o cargo na instituição desde 2009 e cujo mandato termina no final de 2018. O mandato de Nuno Cardoso é válido por três anos, renováveis.

 

 

O TNSJ afirma e agradece publicamente o contributo precioso de Nuno Carinhas na prossecução da missão da instituição, inclusivamente num período económica e socialmente crítico. Com o seu trabalho como encenador, manteve o TNSJ num patamar de excelência técnica e artística, distinguindo-se pela divulgação dos grandes repertórios dramáticos, de William Shakespeare a Samuel Beckett, de Gil Vicente a Maria Velho da Costa e Jacinto Lucas Pires. Como programador deste Teatro Nacional, acompanhou e apoiou – através de inúmeras co-produções – o trabalho desenvolvido por dezenas de estruturas e companhias da cidade e do país, e ampliou a actividade do TNSJ para lá do domínio estrito do teatro, programando exposições, colóquios, filmes, oficinas e acções educativas.

 

Com 47 anos, o futuro director artístico do TNSJ tem um percurso consolidado no panorama nacional e uma forte ligação à Casa. Director artístico do Ao Cabo Teatro desde 2007, foi, sob a direcção de Ricardo Pais, coordenador de programação do Teatro Carlos Alberto entre 2003 e 2007, sendo responsável neste período pela encenação de diversas produções do TNSJ. Anteriormente, co-fundou o colectivo portuense Visões Úteis, onde se estreou como encenador, e foi director artístico do Auditório Nacional Carlos Alberto. Para além do reconhecido trabalho sobre repertórios dramáticos de épocas e tradições diversas, Nuno Cardoso tem também investido em projectos de cariz comunitário, sendo hoje um dos mais destacados criadores cénicos do país.

 

Fotografia: João Tuna