O disco de Rafael Lapa já está em pré-venda

Rafael Lapa

 

O disco de estreia de Rafael Lapa, “Nem Tudo é Real”, já está em pré-venda nas lojas do iTunes, Google Play e The Store. “Nem Tudo é Real” traz o selo da Music For All. Este trabalho está cheio de dissonâncias, reverbs, teclados, caixas de ritmo e espectros vocais. 

 

 

O álbum de Rafael Lapa é antecedido pelo single “Parte de Mim”, que cruza influências de uma pop mais alternativa com algo um pouco mais experimental.

 

 

Viseu é não só a segunda maior cidade da zona Centro, logo atrás de Coimbra, como também a capital do respectivo Distrito. Entre os seus filhos mais ilustres contam-se homens e mulheres das mais variadas áreas, sendo que, a partir de agora, esse leque de personalidades está prestes a aumentar com a entrada de Rafael Lapa no mundo da música. 

 

 

O músico natural de Viseu nasceu entre a adesão oficial de Portugal à então CEE (actual União Europeia) e o escândalo do Mundial do México’86 que envolveu a selecção portuguesa de futebol que tinha Paulo Futre como a sua maior estrela.

 

 

Desde bem cedo que Rafael Lapa se encantou pelo mundo da música e acalentou secretamente o desejo de também ele, um dia, pisar os palcos e cantar perante multidões. Aos seis anos dá um pequeno grande passo rumo ao seu objectivo quando inicia o seu percurso no conservatório. A música ocupou sempre uma grande parte da sua vida, dividindo a infância e juventude entre o piano clássico e a guitarra Jazz. 

 

 

Ao longo dos últimos anos colaborou com várias bandas e projectos, tendo subido inúmeras vezes a palco para acompanhar talentosos amigos e colegas de profissão um pouco por todo o país. Surgindo finalmente aos 30 anos o lançamento de um disco a solo.

 

 

Em “Nem Tudo é Real” podem ser esperadas um conjunto de temas onde a forte mensagem combina na perfeição com melodias cuidadas e relaxantes, num autêntico cruzamento de influências pop, jazz e experimental, onde a língua portuguesa é a força motriz. Este álbum já está em pré-venda nas lojas digitais.