Underscore celebra a relação entre o som e a imagem em movimento

underscore

 

O Underscore é um novo festival que vai celebrar a relação entre o som a imagem em movimento e poderá ser visto de 13 a 17 de Junho no CCB, na Cinemateca e no S. Jorge. Este evento único tem o intuito de explorar a interdisciplinaridade na música e fazer do cinema uma experiência mais rica, este novo festival pretende dinamizar a relação do público com a música e a imagem em movimento.

                             

 

Durante cinco dias, o Centro Cultural de Belém, o Cinema S.Jorge e Cinemateca Portuguesa recebem um programa do qual fazem parte variados eventos e actividades como um workshop de Cinema Expandido, laboratórios e uma oficina para famílias. O Underscore vai ter concertos-cinema para promover a multiplicação e diversificação de perspectivas às obras contemporâneas e arquivadas de imagem, trazendo o som e a música de fundo para primeiro plano. Pretende-se assim que a dinâmica inesperada entre músicos, artistas em performances ao vivo e filmes contemporâneos e de arquivo, de vários países europeus, criem interacções únicas que têm como objectivo construir múltiplas leituras dos objectos em questão.

 

 

A galã de abertura acontecerá no Centro Cultural de Belém no dia 13 de Junho às 21:00. Será exibido “O Homem Forte”, filme polaco, com uma composição  original e acompanhamento musical por Pink Freud.

 

 

Já no Cinema São Jorge, no dia 14 de Junho, pode ser visto o filme “A Sonata de Kreutzer”, com composição original e acompanhamento musical por Pavel Fajt com Mariada do Mar e Maria Radich. Já no dia seguinte poderá ser vista a performance “Cinema Expandido com Adriana Vila e Luis Macias”, seguindo-se uma sessão de perguntas e respostas com os próprios.

 

 

A 16 de Junho, a Cinemateca Portuguesa vai receber, às 21:30, a exibição de “Mulheres da Beira Rio”. Este filme vai ser acompanhado pelo piano de Nicholas McNair.

 

 

Voltando ao São Jorge, no dia 17 de Junho, às 11:00, vai ser realizada a oficina “Os Contos de Fadas de Lotte Reiniger”. A composição original e acompanhamento musical ao piano por Neil Brand. Tradução e interpretação em simultâneo pela performer Sónia Baptista. A galã de encerramento vai ser realizada no mesmo dia, às 21:30. Nesta recriação da sessão de documentários apresentada em Lisboa no “V Congresso Internacional da Crítica Cinematográfica”, em 1931, e “A Dança dos Paroxismos”. A composição original e a interpretação ao piano será realizada por Neil Brand.

 

 

Este festival foi criado tanto para os espectadores mais melómanos e cinéfilos, como para o público infantil que deseja ter as suas primeiras oportunidades para pensar as relações entre a música e o cinema. O Underscore foi pensado por Érica Faleiro Rodrigues, programadora durante vários anos do Barbican Arts Center, em Londres, e Diogo Alvim, compositor de música instrumental e electroacústica, e está inserido na programação das Festas de Lisboa’17.