Bronca. TVI colocou trabalhador que não sabia resultado do teste à COVID-19 em contacto com o Primeiro-Ministro

A TVI está a ser alvo de críticas por falta de cuidado na entrevista que realizou ao primeiro-ministro, António Costa.

No dia quem Sérgio Figueiredo e José Alberto Carvalho entrevistaram o primeiro-ministro, um dos elementos da produção, também presente no Palácio de São Bento, estava ainda a aguardar o resultado de um teste ao coronavírus.

Significa isto que esse elemento não tinha a certeza absoluta se estava, ou não, infectado, mas esteve em contacto, nos dias anteriores, com quem testou positivo à COVID-19.

Segundo a TV 7 Dias, um casal de trabalhadores da TVI foi infectado com a doença: em concreto uma funcionária do planeamento da grelha e o respectivo marido (produtor na área da informação).

Estiveram com imensas pessoas, segundo uma fonte do canal, tendo por isso sido realizados testes a todos os que com eles contactaram.

Segundo a revista, a ideia era a de que, enquanto os restantes aguardavam o resultado, não fossem trabalhar, mas tal não se verificou, tendo um deles participado na entrevista a António Costa.

Ora toda esta situação, gerou indignação porque o departamento de Recursos Humanos não terá agido da melhor forma e procurou manter tudo no máximo secretismo.

O trabalhador em questão já informou que o resultado dos testes feitos aos restantes trabalhadores foi negativo.