Sábado, Julho 31, 2021

Big Brother: Sónia lembrou infância difícil e crise na relação com Vitó

Na gala de ontem, do Big Brother-Duplo Impacto, coube a Sónia apresentar a sua ‘Curva da Vida’.

Um discurso emocionante e marcado pelo sofrimento na infância e durante todo o seu crescimento.

“Eu nunca conheci os meus avós, porque a minha mãe é abandonada. Durante os primeiros quatro anos da minha vida fui criada pelos meus padrinhos“, disse.

Foram muitas as vezes que chegámos a casa e a minha mãe sem vender nada, mas nunca nos faltou nada. Onde não há bife à sopa“, acrescentou.

Conheci o Vitó num clubinho, jogámos ao Bate Pé e demos o primeiro beijinho. De 2010 para 2011 é onde acontece o primeiro amor com o Vitó e 9 meses depois refletiu-se na minha Maiarinha. Entre 2010 e 2014 foi sempre a descer. Os primeiros anos da minha filha deviam ter sido os anos mais felizes da minha vida e não foram. Não dividíamos nada para além da minha filha“, disse emocionada.

Ele como pai nunca me falhou… Em 2014 ele sente que me está a perder e começa a lutar por mim. Deu-me grandes provas de amor“, ressalvou.

O meu amor pelo meu Vitó, pela minha família e pelas minhas filhas foi, é e sempre será mais forte. Sinto-me a mulher mais feliz do mundo quando estou com eles. Orgulho-me da escolha que fiz, o Vitó é o melhor pai do mundo, é o melhor marido do mundo, é o meu orgulho. A minha mãe é o meu orgulho, amo-vos muito“, rematou.

Pode ver o momento AQUI.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
101InscritosInscrever