Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Cérebro de Maria João Abreu não respondeu à redução da medicação

Cérebro de Maria João Abreu não respondeu à redução da medicação

Cérebro de Maria João Abreu não respondeu à redução da medicação, quando a equipa médica começou a reduzir o coma induzido.

Ontem, a equipa começou a reduzir o coma induzido a o cérebro da actriz não respondeu.

Na altura em que a actriz faleceu, a família encontrava-se na porta do hospital.

Os médicos foram comunicar-lhes as más notícias, tendo nesse momento a família ficado em pranto.

Desde dia 30 de Abril internada, após sofrer dois aneurismas, a noite anterior à sua morte tinha sido passada em sobressalto, com a equipa médica que acompanhava a artista a preparar a família para o pior, depois de a atriz não apresentar nenhuma relação cerebral quando lhe foi reduzida a medicação que induzia o coma.

Ontem [quarta-feira] os médicos reuniram-se de emergência para falar da situação porque alguns órgãos deixaram de funcionar e o cérebro não respondia“, revelou uma fonte próxima da família ao Correio da Manhã-

Explicou ainda que nessa altura os profissionais de saúde já sabiam que Maria João Abreu estava em morte cerebral.

Os médicos seguiram o protocolo e efetuaram os exames necessários para confirmar o pior, o óbito acabou por ser declarado ontem de manhã. Aquando da notícia da morte da atriz, a mãe de Maria João foi amparada por um profissional da unidade hospitalar, enquanto chorava.

As cerimónias fúnebres decorrem no sábado.

Artigos Relacionados

Siga-nos nas redes sociais

23,900FãsCurtir
154SeguidoresSeguir
109InscritosInscrever