vera-marmelo

 

Neste mês de Dezembro, Vera Marmelo celebra 10 anos online, 10 anos a acumular as imagens dos concertos a que assiste, os festivais que acompanha religiosamente, as salas onde acha que faz sentido a sua presença, os retratos que vai fazendo a músicos e a outras pessoas com que se relaciona e cruza, as salas de ensaio, os estúdios e os soundchecks. 

 

 

A cada concerto que vai, a cada retrato que tira para celebrar um novo disco, lá está, mais um post é mais umas dezenas de fotografias para o celebrar e podem ser vistos no blogue.

 

 

Para celebrar estes 10 anos, a fotógrafa natural do Barreiro, decidiu lançara um novo site com desenho dos Desisto. 

 

 

Os Desisto desenharam 3 diagramas para cada um dos 3 intervalos de tempo (2006-2009/2010-2013 e 2014-2016), percorrendo os posts do tal blog.

 

 

O site será lançado no dia 12 de Dezembro com destaque para as fotos e pessoas que marcaram o trabalho de Vera Marmelo nos anos de “2006-2009”. Nesse mesmo dia é lançado um poster e 2 fotos enormes para pendurar na parede. Neste ano a fotógrafa conhece Márcia e João Paulo Feliciano, é com ele que vai pela primeira vez ao Golden Pony e que chega até à Flor Caveira.

 

 

Em Março de 2017 inaugura-se o espaço dedicado aos anos de “2010 a 2013” e em Junho chegam os anos de “2014 a 2016”!

 

 

Para além do site, Vera Marmelo editou dois livros de autor,em 2013 e 2014. O primeiro dos livros é de retratos enquanto o segundo foi feito a duas mãos a propósito do 20.º aniversário da Galeria Zé dos Bois. Integrou ainda duas exposições coletivas n’A Pequena Galeria (2015) e na ExperimentaDesign’15. 

 

 

A motivação continua a mesma, “Na verdade, a minha ligação à fotografia acontece a par da minha ligação à música. É o meu instrumento, a minha desculpa para estar sempre presente e a minha maneira de contribuir para divulgar os músicos que acompanho”, diz Vera Marmelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.