Sandra Correia apresenta tema inédito no Casino Lisboa, numa noite que “terá a verdade do meu Fado”

arrowarrow


Em entrevista exclusiva ao Infocul.pt a fadista Sandra Correia falou sobre o concerto de dia 21 de Janeiro no Casino Lisboa, revelando que apresentará pela primeira vez em palco, “Aqui existo”, música de Mário Pacheco e com letra de Rosa Lobato de Faria.

 

Em noite de fado no Casino Lisboa, Sandra Correia estreia-se, na próxima Quinta-Feira, 21 de Janeiro, a partir das 23:00, no Arena Lounge.

Em entrevista ao Infocul a fadista começou por revelar que este foi “um convite que eu não resisti e aceitei imediatamente”, no final de 2015.

 

O facto de a Arena Lounge não ser uma típica casa de fados, não influenciou a preparação para este concerto pois “a preparação é a mesma que eu faço para todos os locais onde canto, porque a entrega é a mesma, seja nas Casas de Fado ou concerto” admitindo contudo que “logicamente que o espaço é maior, o público será diferente das casas de Fado, tenho que trabalhar um bocadinho mais”.

Com um registo intimista, a intérprete sobe ao palco para apresentar “este meu recente disco, o Perspectiva, vou andar a volta dos Fados tradicionais, vou revisitar os clássicos do nosso Fado, para atingir a dinâmica suficiente para um grande concerto, e vou apresentar um original que me foi oferecido recentemente, música de Mário Pacheco, com poema de Rosa de Lobato Faria, e que se chama “Aqui existo”. Para partilhar palco “convidei dois músicos que são muito fadistas, Pedro Amendoeira [guitarra portuguesa] que é de uma sensibilidade única, e que eu admiro imenso, e o André Ramos [viola de fado] que gravou comigo o Perspectiva e que eu considero que seja também igualmente muito, muito fadista”.

Com uma carreira musical iniciada há mais de 20 anos, uma voz única e nostálgica e uma postura em palco inconfundível, Sandra Correia é toda ela emoção e sentimento. A fadista protagoniza um espectáculo envolvente que concilia temas originais com memoráveis composições do fado tradicional.

“Quadras de Amor”, “Cantigas do Mar”, “O Fado Nasceu na Rua”, “Coração Vadio”, “Corpo interdito”, “Domingo em Lisboa”, “Tudo é Sombra”, Medo e Nada”, “Estrada da Vida”, “Rosa Maria do Capelão”, “Sonhos Quebrados” e “Minha Madrugada” são, apenas, alguns dos fados que integram o álbum “Perspectiva”, editado em 2014.

“Perspectiva” inclui fados originais e tradicionais, com poemas de José Guimarães, Fernando Campos de Castro, Florbela Espanca, António Lobo Antunes, Vasco Graça Moura e Ana Lúcia.

Em suma esta será uma noite especial e que “terá a verdade do meu Fado”. Para ouvir, reflectir e apreciar uma artista única.

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6333 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.