Aprender sobre a nossa história no Museu do Oriente

 

O museu do oriente está a organizar, de 23 de janeiro a 19 de março, um curso que permite perceber como foi feita a construção do Estado da Índia desde a descoberta do caminho marítimo e do Tratado Euro-asiático até à criação de uma sociedade mestiça e cristã dispersa por toda a Ásia.

 

 

Os portugueses partiram em direcção à Índia em busca de cristãos e especiarias. O comércio da pimenta e da canela e o desejo de encontrar o Preste João eram perseguidos pelos portugueses desde os tempos do Infante D. Henrique e, nos primeiros anos, os oficiais da Coroa concentraram-se nesses objetivos. No entanto a Ásia revelou-se uma área política, comercial e cultural muito mais vasta e complexa e os portugueses, sob a égide de Afonso de Albuquerque, tornaram-se numa nova potência asiática.

 

 

Durante oito sessões, o curso vai acompanhar o processo que estruturou a construção do Estado da Índia, focando, entre outros, temas fundamentais como o período da governação de Afonso de Albuquerque (1509 – 1515) ou o advento das missões e penetração no Extremo Oriente de meados do século XVI.

 

 

O curso é orientado por João Paulo Oliveira e Costa, professor catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Diretor do CHAM (Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar). Acontece aos sábados, 23 e 30 janeiro | 13, 20 e 27 fevereiro | 5, 12 e 19 março, no horário das 10:00 às 13:00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.