Custódio Castelo apresentou “Maturus”

arrowarrow


Custódio Castelo apresentou ontem o seu mais recente disco, “Maturus”, no Auditório do Montepio em Lisboa contando na plateia com várias personalidades ligadas à música como António Chaínho, Dora Maria, Fernando Pereira ou Mariza.

 

Acompanhado da Siamesa, guitarra única no mundo numa junção da guitarra de Lisboa com a guitarra de Coimbra na mesma caixa de ressonância numa obra de Óscar Cardoso, Custódio Castelo e os seus músicos apresentaram ontem “Maturus”.

 

Depois de “Tempus” e “In Ventus” o músico completa a trilogia com “Maturus” onde a maturidade do artista e o percurso de 25 anos na música são colocados no disco. Em palco fez-se acompanhar por Carlos Menezes no contrabaixo, Carlos Leitão na guitarra clássica e Rui Gonçalves na bateria e percussões.

 

Neste disco contou com a presença de Jorge Fernando, José Filomeno Raimundo, Antonio Santos, Pedro Ladeira, Miguel Carvalhinho, Domingos Galésio e Rão Kyao e ainda cantadores do Alentejo numa homenagem ao Cante Alentejano.

 

Sobre este disco Mariza escreveu “quando toca não se consegue distinguir onde está o Artista e onde está a Guitarra pois os dois tornam-se num só” acrescentando que “este disco é a mostra dessa profundidade tímida e arrebatadora que é o Custódio na extensão da sua Guitarra” e que “faz-nos vibrar a cada compasso com a impaciência de querer sentir a nota que se segue”. Termina informando que é “Simplesmente arrepiante”.

 

Sobre Custódio Castelo disse Tomás Correia, do Montepio Geral, que é “um dos grandes instrumentistas da guitarra portuguesa, nem sempre bem compreendido” recordando a alcunha de “estraga fados”.

 

Em breve apresentamos a entrevista do músico ao Infocul.pt .

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6340 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.