Sandra Correia apresenta videoclip de “Coração Vadio”

A fadista Sandra Correia acaba de apresentar o videoclip do single “Coração Vadio”, naquele que acaba também por ser o primeiro vídeo relativo ao disco “Perspectiva”. O videoclip foi realizado por João Costa Menezes.

Sandra Correia é fadista, natural de Santa Maria da Feira e acaba de lançar o videoclip do single “Coração Vadio” do disco “Perspectiva”.

Neste segmento, vemos as consequências familiares, em que todos os artistas e suas famílias certamente se revêm, dum coração vadio. A espera. A paixão pela música, quando todos os sentidos obrigam a percorrer os caminhos até si” refere a nota de imprensa.

 

Sendo filha de um músico, desde cedo a música lhe começou a correr nas veias, sendo que aos onze anos já cantava todo o reportório que tinha de Amália, contudo o primeiro convite para cantar profissionalmente surge aos 16 anos e tendo como género a música popular portuguesa. No seu primeiro ano como profissional efectua logo 22 espectáculos. Mas o seu “jeito fadista” encarregou-se de a levar onde pertence, ao Fado.

Dona de um timbre muito próprio, as suas interpretações arrebatam quem a ouve, pela força, pela verdade, pela alma, pelo prazer de cantar, ou simplesmente porque retracta o Fado na sua mais pura essência.


Depois de em 2009 dedicar-se em exclusivo ao Fado, é fadista residente nesse mesmo ano nas Janelas do Fado no Porto, e durante três meses em O Fado em Londres. No final de 2010 é fadista residente no Lisboa, sito em Barcelona, tendo desde esse ano uma digressão anual em França, cantando também assiduamente em países como Suíça, Alemanha, Bélgica, Luxemburgo ou Espanha. Entre 2010 e 2013 integrou o elenco de Fado in Porto nas Caves Calem, do Grupo Renascença, com actuações diárias. Actualmente integra o elenco do Clube de Fado, no Bairro de Alfama em Lisboa.


No próximo dia 21 de Janeiro actua pela primeira vez no Casino Lisboa, sendo o seu concerto aguardado com expectativa na importante sala lisboeta.

 

Sobre o realizador João Costa Menezes, Pedro Abrunhosa escreveu em Magazine das Artes “[Menezes é] uma arma de construção maciça,” que “busca o horizonte inatingível dos incansáveis navegadores do sonho. A câmara é a extensão natural do seu braço e filma e fotografa com a avidez do conhecimento do instante, como se fosse possível tornar perene o Amor, a dor, o desejo, o medo.”

 

O videoclip pode ser visto aqui.

 

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6769 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.