8ª edição do Festival Literário da Madeira (FLM) marcada por forte presença feminina

FLM

 

 

A edição de 2018, que decorre entre 13 e 17 de Março sob o tema Jornalismo e Literatura – a palavra que prende, a palavra que liberta, acolhe na ilha da Madeira grandes nomes da literatura, do jornalismo e da música.

 

 

Não é invulgar um jornalista assumir o papel de ficcionista, exercendo, desta forma, o potencial libertário da palavra.

 

 

Vários autores, entre os quais os que também conjugam a escrita ficcional com a escrita jornalística estarão no Funchal a debater sobre como se distanciam ou aproximam da atualidade. São cinco dias dedicados aos artífices da palavra e ao público madeirense.

 

 

Pelo Festival Literário da Madeira, festival de renome no panorama dos festivais literários europeus, já passaram autores premiados das mais diversas nacionalidades como, entre outros, Eduardo Lourenço, Alberto Manguel, Helder Macedo, Naomi Wolf, Gonçalo M. Tavares, Mia Couto, Samar Yazbek, Ondjaki, Lídia Jorge, Frederico Lourenço, Eimear McBride, Adam Johnson, Pepetela e o recentemente falecido Zygmunt Bauman.

 

 

A organização do FLM está a cargo da associação ECA – Eventos Culturais do Atlântico, que tem por principal objetivo a promoção sociocultural através do fomento da prática artística e pedagógica, e organização de eventos nacionais e transfronteiriços e de desenvolvimento das novas tecnologias da comunicação e da informação.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 22/01/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

_