A caminho de Guimarães com o Westway Lab num comboio…

arrowarrow


De 14 a 16 de Abril a cidade do conquistador, Guimarães, acolhe a terceira edição do Westway Lab, um festival que incorpora residências artísticas e concertos com artistas ainda pouco conhecidos no panorama nacional e internacional.

 

O conceito inovador do WESTWAY LAB mantém-se nesta nova edição, incorporando várias vertentes que contribuem para a força e originalidade do conceito Processo, Pensamento e Produto. Alguns destes conceitos inovadores são: residências artísticas que juntam artistas nacionais e internacionais durante uma semana; conferências dedicadas a profissionais das diversas áreas da música, que abordam temas de relevo associados à actualidade da indústria da música e em torno das quais se reúnem profissionais nacionais e internacionais de destaque; conversas entre os artistas, participantes das conferências, bem como o público e fãs, desvendando o processo criativo desenvolvido nas residências e concertos.

 

 

Ontem, dia 13 de Abril, promoveu uma actividade para profissionais e imprensa com a realização de dois showcases num comboio intercidades com destino a Guimarães. A portuguesa Surma e a neozelandesa Suzie Stapleton animaram uma das carruagens que foi tendo cada mais publico a conhecer estes dois nomes da música.

 

 

Esta já é a terceira edição, começou em 2014 se não me engano, teve uma pré-edição em Lisboa em 2013, é o primeiro evento em Portugal que reproduz o que quase todos os países têm, que é um showcase festival para novos talentos, inclui ainda uma conferência profissional para networking, o fomento do music business que por norma decorre nestes eventos. Tem uma inovação da aiutoria do Rui Torrinha que são as residências artísticas” disse-nos Nuno Saraiva da organização.

 

 

Surma que actuou nesta viagem, disse-nos que “ este tipo de iniciativas são muito boas para dar a conhecer novos talentos”.

 

 

De 14 a 16 de Abril a cidade de Guimarães terá assim vários artistas para descobrir e um novo conceito de festival para usufruir.

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6682 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.