Os cavaleiros Luís Rouxinol e Luís Rouxinol Jr. concederam uma entrevista conjunta ao Infocul.pt, na qual fazem um balanço desta temporada mas na qual abordam assuntos dos seus percursos e até histórias pouco conhecidas do grande público.

Em Fevereiro aquando de umas entrevistas (podem ver AQUI e AQUI) que lhes fiz, lancei o desafio de um mano-a-mano entre eles numa entrevista. Aconteceu agora! Rouxinol e Rouxinol Jr. fizeram perguntas um ao outro e sobre temas que à partida não seriam expectáveis.

Além desse mano-a-mano familiar, a conversa teve outros caminhos que percorreram a temporada agora finda, o percurso de um e de outro, as broncas, os elogios, a imprensa, a vida privada e até os grandes rivais de cada um.

Luís Rouxinol assumiu ser “um toureiro com muita garra” mas que nas primeiras corridas desta atípica temporada achava “aquilo tudo muito estranho, muito esquisito”.

Já Rouxinol Jr. revelou que “foi bastante gratificante ser líder de escalafón. Não foi uma coisa planeada, foi uma coisa que foi surgindo. As coisas aconteceram desta maneira. Fiquei bastante contente porque assisti sempre ao meu pai ser líder de escalafón e numa temporada difícil como esta, ser líder de escalafón foi bastante gratificante”.

Considera a possibilidade de proibição de menores na tauromaquia de “uma ideia completamente absurda”, até porque defende que “há outros espectáculos muito piores que a tauromaquia e o governo não faz nada contra isso”.

Não resisti e provoquei Luís Rouxinol a revelar se já estava a passar o testemunho ao filho ou se ainda sentia força para voltar a liderar o escalafón. A resposta foi clara, contem com ele! “Ainda sinto força e com capacidade para voltar a ser líder do escalafón, mas se for ele a ficar como líder fico também muito contente”, disse-nos.

Luís Rouxinol revelou ainda uma curiosidade pouco conhecida dos aficionados, quando o filho lhe questionou sobre os maiores rivais: “Na minha carreira já por diversas vezes teve para acontecer um mano-a-mano e penso que era importante para os aficionados, e neste momento se chegar a acontecer já peca por tardio. E era um mano-a-mano com o António Ribeiro Telles. É um toureiro que eu admiro, ainda nos meus primeiros tempos estive na casa do Mestre David Ribeiro Telles onde aprendi os primeiros passos na tauromaquia. Penso que era um mano-a-mano com bastantes actrativos para os verdadeiros aficionados. Já esteve para acontecer mas, não da minha parte, da parte do António as coisas não aconteceram por uma coisa ou por outra”.

E até revelou a praça e ganadarias que gostaria para esse mano-a-mano: “Por acaso já falei duas ou três vezes com o António. Já esteve para acontecer em Coruche, eu ia jogar fora de casa, mas sem qualquer problema, mas o Campo Pequeno é sempre o Campo Pequeno. Sem dúvida! Da minha parte podiam ser 3 touros Veiga Teixeira e 3 touros de Murteira Grave”.

Nesta entrevista fique ainda a conhecer uma história que envolve uma corrida em França e na qual Rouxinol actuaria com uma lesão grave, mas São Pedro e as condições climatéricas impediram a corrida. Ou ainda uma outra história que aconteceu no dia da alternativa de Rouxinol Jr.

Uma entrevista, que pode e deve ser encarada até mais como conversa pelo ritmo com que decorreu, que poderá ver e ouvir de seguida na íntegra:

Texto e Entrevista: Rui Lavrador
Imagem e Vídeo: Rute Nunes e Carlos Pedroso

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6805 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.