Ala dos Namorados revela pormenores do novo disco ao Infocul!

Ala dos Namorados

 

No penúltimo dia do Festival O Sol da Caparica, 13 de Agosto, a Ala dos Namorados teve a responsabilidade de abrir os concertos no Palco SIC/RFM. Após o concerto falaram ao Infocul.

 

 

A Ala dos Namorados contam com mais de 20 anos de carreira e no Festival O Sol da Caparica foram acolhidos por um mar de gente que recordou os grandes êxitos do grupo, bem como alguns temas mais recentes. Nuno Guerreiro voltou a mostrar toda a sua capacidade vocal, que faz dele uma das melhores vozes masculinas em Portugal. As suas mudanças de registo são absolutamente extraordinárias e o seu timbre único. Manuel Paulo é a voz da experiência e a classe do saber estar em palco.

 

 

No final do concerto os dois falaram ao Infocul sobre o concerto, o festival e o que está preparado para a Ala dos Namorados.

 

 

Estávamos justamente a falar nisso. O facto de abrirmos, de ser às 20:00 que é o crepúsculo, pôr-do-sol, estávamos com algum receio que as pessoas estivessem na praia, que não estivessem aqui,  mas de repente a plateia estava completamente cheia de pessoas e ao fim da primeira música sentimos que o público estava conquistado, o que para nós é um grande alívio. É uma belíssima sensação” começou por nos dizer Manuel Paulo sobre a reacção do público ao espectáculo.

 

 

Para mim é o melhor festival, essencialmente porque apoia a música portuguesa, mesmo com alguns grupos cantando em inglês mas são portugueses e eu acho que, às vezes, muitos festivais deixam a música portuguesa um pouco em segundo plano. Neste não. É gratificante que haja mais festivais como este. Nós somos portugueses e a música portuguesa está de boa saúde” acrescentou Nuno Guerreiro sobre o festival que aposta na lusofonia, e em particular na musica portuguesa.

 

 

Numa conversa descontraída e bem dispostas, questionámos se o facto de o festival se realizar junto da praia, deixava as pessoas mais predispostas a entregarem-se aos concertos. Para Manuel Paulo “eu acho que sim. Para quem não conheça a Caparica, este é um sítio maravilhoso. Hoje não estava calor a mais. Estava perfeito. Ao pé de uma praia magnífica. O ambiente e a temperatura são extraordinários. A música é boa. Acho que é o melhor que se pode querer. A nós o concerto correu perfeitamente. Ainda estamos um pouco na adrenalina pois o concerto acabou há pouco mas foi recebido muito bem. Este sitio para festival é fabuloso. Hoje em dia os festivais são muito bem organizados. Este para além de estar muito bem organizado, o sítio é maravilhoso. Apetece estar aqui. Podes ir à praia e dar um mergulho e voltar” acrescentando que “por acaso não fui mas poderia ter ido. Tenho aqui amigos e fui visita-los. É um sítio fabuloso” quando questionado se tinha ido dar um mergulho.

 

 

Para este mês a Ala dos Namorados terão um espectáculo “ dia 31 de Agosto na Festa de São Mateus. Nós este ano estamos a fazer as coisas maiores. No ano passado fizemos muito. Este ano estamos mais calmos mas estamos a gravar, a preparar um álbum novo. Lá para Dezembro ou Novembro vamos ter coisas novas” revela-nos Nuno Guerreiro, acrescentando que será todo em Português.

 

 

Sobre os compositores e letristas que integrarão o disco Manuel Paulo revelou-nos que “nós trabalhamos geralmente com o João Monge. A parte das letras é com ele, 90%. Eu faço as músicas. Este disco vai ser diferente porque pela primeira vez vamos pegar em coisas portuguesas, do universo pop do século passado. Desde o Max ao Tony de Matos. É um repertório lindíssimo. É música de que nós gostamos e o Nuno está um pró a cantar isto. Para nós é relativamente fácil. Pegar em canções dessas… os “Olhos Castanhos” é uma responsabilidade imensa mas é um território onde o Nuno está muito bem. Nós e a nossa banda. Para já estamos a ficar extremamente contentes com os arranjos que estamos a fazer. Se nós não ficarmos convencidos, não convencemos ninguém mas estamos bastante entusiasmados. Será o primeiro disco da Ala que não vive só de originais”.

 

 

E como será que classificam a aventura que tem sido o percurso da Ala dos Namorados? Para Manuel Paulo “é pela música” e para Nuno Guerreiro “pela Alma”.

 

Fotografia: Festival O Sol da Caparica- Facebook Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.