Angélica Liddell traz The Scarlet Letter ao D. Maria II

 

 

 

O mais recente espectáculo da controversa criadora espanhola, Angélica Liddell, chega agora ao Teatro Nacional D. Maria II. Depois da sua estreia mundial em Orléans, em Dezembro passado, The Scarlet Letter vai estar em cena na Sala Garrett nos dias 1 e 2 de Fevereiro.

Partindo do clássico de Nathaniel Hawthorne com o mesmo nome, a dramaturga, encenadora e actriz espanhola propõe-se a trabalhar temas como a escuridão da condição humana e a hipocrisia em tempos de puritanismo. The Scarlet Letter assume-se como uma crítica à hipocrisia moral da actualidade, que esconde a origem genital da conceção e do nascimento, negando que o amor possa proceder do desejo, da sexualidade e de uma paixão violenta.

“Com The Scarlet Letter, submergimo-nos nos pesadelos que nos dão forma, na necessidade da culpa e na incapacidade de fuga, como uma rebelião contra a saúde e a ordem”, menciona Angélica Liddell.

Uma criação de Angélica Liddell a partir do livro de Nathaniel Hawthorne, The Scarlet Letter é um espectáculo falado em espanhol e italiano, com legendas em português.

 

Fotografia: Bruno Simão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.