ANGF presta homenagem a forcados que faleceram a pegar touros

 

 

 

A Associação Nacional de Grupos de Forcados (ANGF) emitiu um comunicado no qual revela que o Galardão Prestigio recebido da parte do Campo Pequeno será colocado, por enquanto no Museu do Campo Pequeno, dada inexistência do Museu do Forcado. Mais informa a homenagem que fará a forcados que perderam a vida realizando pegas, no Dia da Tauromaquia.

O Comunicado na íntegra:

No final da temporada de 2017, a ANGF foi uma das entidades a quem o Campo Pequeno premiou com o Galardão Prestígio.

Considerando que não temos nenhum Museu onde este mesmo Galardão possa ser exposto, decidiu a ANGF entregar o mesmo, a título de depósito, para exposição, ao Museu do Campo Pequeno.

Com satisfação e em nome de todos os Forcados, recebemos esses mesmo Galardão, porém, gostaríamos que este estivesse exposto e, no nosso entender, o local mais digno para que assim aconteça, será o Museu do Campo Pequeno.

Se algum dia a ANGF conseguir concretizar o “sonho” de ter o seu “Museu do Forcado”, esse mesmo Galardão será para la transferido. –

– Homenagem aos Forcados Portugueses falecidos em consequência de pegas que realizavam

A ANGF vai entregar ao Museu do Campo Pequeno, para nele ser exposto, um dos seus símbolos mais relevantes, um Forcado.

Este, representará a homenagem da ANGF a todos aqueles que perderam a vida quando realizavam pegas, tanto em corridas formais como em treinos.

Será esta a forma de a ANGF os homenagear e perpetuar os seus nomes num local digno como é o Museu do Campo Pequeno.

A cerimónia de entrega será realizada na Praça de Toiros do Campo Pequeno, no próximo dia 23 de Fevereiro de 2019, no “Dia da Tauromaquia”.

Lisboa, 12 de Fevereiro de 2019

A Direção da ANGF

José Fernando Potier

José Luís Gomes

Tiago Prestes

Os forcados que perderam a vida a pegar touros, segundo a ANGF, foram:

· Portugal- João Fernandes Júnior, conhecido por “João Raiva”, Cabo do GF Profissionais de Lisboa (hoje extinto), Praça do Campo Pequeno, 10 de Setembro de 1953 (na segunda tentativa da 1ª pega após ser investido como Cabo sofreu perfuração de uma vista por uma bandarilha que lhe atingiu o cérebro, falecendo no dia seguinte);

· Portugal- José João Lameiras, GFA Caldas da Rainha, Praça de Albufeira, 1982;

· Portugal- António Santos, Cabo do GFA Aveiras de Cima (hoje extinto), Praça de Albufeira, 1987

· Portugal- Hélder Antoño, 21 anos, GFA Alcochete, toiro Farrusco nº 3 de 585 kg da ganadaria D. Maria Ana Passanha, Praça de Alcochete, 23 de Março de 1988

· Portugal- António Gouveia, GFA Montijo, Praça de Angra do Heroísmo (Ilha Terceira), 1991

· Portugal- Pedro Belacorça, GFA Portalegre, Praça do Campo Pequeno, 1998 (sofreu perfuração no tórax por uma bandarilha, falecendo 30 dias depois no Hospital)

· Portugal- Ricardo Jorge Soares Silva “Pitó”, 23 anos, GFA Vila Franca de Xira, ganadaria Jorge de Carvalho, Praça de Arruda dos Vinhos, 16 de Agosto de 2002

· Portugal- Francisco Matias, GFA Portalegre, Praça da Esperança, 2009

· Portugal- Pedro Miguel Primo, 25 anos, GFA Cuba, toiro Garção da ganadaria Jorge de Carvalho, Praça de Cuba, 2 de Setembro de 2017 (na última pega em que se retirava das arenas)

· Portugal- Fernando Quintela, 26 anos, GFA Alcochete, ganadaria Prudêncio, Praça da Moita do Ribatejo, 15 de Setembro de 2017

 

Os nomes destes FORCADOS irão estar, devidamente indicados, junto do Forcado que se vai entregar ao Museu do Campo Pequeno pela ANGF.

A Direção da ANGF”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.