Associação Nacional de Toureiros diz que Simon Casas “deveria contemplar os matadores de toiros portugueses na temporada de Madrid”

 

 

A Associação Nacional de Toureiros (ANDT) emitiu um comunicado a reclamar oportunidade aos matadores de touros portugueses na Praça de Touros de Las Ventas, em Madrid.

Num comunicado dirigido ao empresário daquela praça, é escrito que “Portugal sempre foi e continua a ser berço de grandes toureiros. Actualmente, a afición portuguesa vive um momento de grande vitalidade e de união em defesa da tauromaquia. Isso faz-se notar pela crescente adesão de público às praças de todo o País. Uma paixão que leva a grande parte dos aficionados a manifestarem-se pelo ressurgimento do toureio a pé, nomeadamente dos matadores de toiros portugueses” e que por isso “esperam ansiosamente pela oportunidade de verem António João Ferreira Tojo, Nuno Casquinha, Manuel Dias Gomes e Joaquim Ribeiro Cuqui confirmarem as respetivas alternativas de Matador de Toiros na Monumental de Las Ventas”.

Perante o anteriormente escrito, “a ANDT – Associação Nacional de Toureiros reclama uma oportunidade, que deveria ser um direito, para qualquer Matador de alternativa. Simon Casas, gerente da monumental de Las Ventas, de Madrid, defensor máximo da internacionalidade da Festa, deveria contemplar os matadores de toiros portugueses na temporada de Madrid”, até porque alega que “somos parte integrante dessa internacionalidade e necessitamos de ter uma comunhão com as outras nações taurinas, no que diz respeito ao toureio a pé”.

Reclamamos, assim, essa oportunidade aos nossos Matadores de toiros, para que Portugal volte a ter entusiasmo a seguir os seus toureiros pelo mundo taurino”, remata o comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.