“Atento aos Sinais”: Rei Ney Matogrosso incendiou o Casino Estoril

ney-m-146

 

O Casino Estoril recebeu a 04 de Outubro o primeiro de dois espectáculos de Ney Matogrosso no Salão Preto e Prata, intitulado “Atento aos Sinais”.

 

 

Com 75 anos de idade, o artista brasileiro cuja carreira se confunde com a historia da MPB, mostrou uma excelente forma física e vocal. Com Ney Matogrosso em palco não há tempo para conversas sem conteúdo nem palavras para encher tempo de concerto, até porque “como vocês já repararam eu não sou muito de falar. Não sei falar, portanto faço apenas o que sei”.

 

 

Provocador, exuberante, politicamente incorrecto e com um suporte musical excelente, Ney Matogrosso promove em “Atento aos Sinais” uma viagem pela sua discografia. Uma escolha que “pode não agradar a todos”, como referiu durante o concerto, mas que agrada a muitos.

 ney-m-270

 

Mais do que um conjunto de canções, o artista brasileiro faz-nos viajar por um conceito de espectáculo arrojado, visceral e engloba influências musicais do samba, do psicadélico ou até da electrónica, como no momento em que troca de roupa em pleno palco.

 

 

Temas como “Rua da Passagem” (Arnaldo Antunes/Lenine), “Roendo as Unhas” (Paulinho da Viola), “A Ilusão da Casa” (Vitor Ramil), “Samba do Blackberry” (Rafael Rocha e Alberto Continentino, Banda Tono) fazem o público reagir entre o silêncio durante o tema e os aplausos no final, num respeito total pelo artista. Ney neste espectáculo viaja pelas suas raízes, interior do Brasil, mostrando a liberdade da sua musica que apresenta influências mundanas, e uma escolha ecléctica dos compositores e letristas, dede as gerações mais antigas às mais novas.

 ney-m-157

 

A sua linguagem corporal e as letras dos seus temas são tão claros que não precisa falar durante o concerto. E com tamanha qualidade em palco ninguém ficará chateado por não ter ouvido temas como “Rosa de Hiroshima” ou “Bandoleiro”. Ney é força e alegria em palco. Ney é Rei, tal como o trono em palco mostrou. Como diria o polvo brasileiro, “Salve Ney”!

 

jodie-foster-alexandra-hedison-e-antonio-vieira-coelho-adm-estoril-sol

(Jodie Foster, Alexandra Hedison, António Vieira Coelho, Administrador da Estoril Sol)

 

 

Fotografias: Casino Estoril

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6782 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.