Budda Power Blues e Maria João: “Os temas falam de assuntos pessoais de uma forma muito honesta”

BPB&MJ

 

“The Blues Experience” é o resultado da parceria inusitada entre, aquela que é considerada a melhor banda de Blues nacional, Budda Power Blues e a diva do Jazz, Maria João.

 

 

Falamos de um disco de Blues, mas desengane-se quem possa pensar que se trata de um exercício de estilo. Trata-se de Blues do século XXI, amplamente influenciado por todas as sonoridades que fazem parte do quotidiano de Maria João, Budda Guedes, Nico Guedes os intervenientes deste disco” refere a nota de imprensa sobre o disco.

 

 

Em entrevista ao Infocul, Budda Guedes revelou como surgiu esta parceria, abordou as sensações e mensagem que o disco pretende transmitir e anunciou ainda o concerto de apresentação do disco, a 2 de Março no CCB.

 

 

Quando surgiu a ideia de criarem este álbum entre Budda Power Blues e Maria João? 

 

A ideia de fazer um disco entre Budda Power Blues e Maria João surgiu fruto dos vários concertos conjuntos que fizemos. A ligação era tão forte , o entendimento entre nós era especial e a forma de vermos e vivermos a música era uma só, apesar de estarmos em universos musicais algo diferentes. O disco pareceu-nos o passo seguinte mais óbvio. Dar vida e forma a esta ligação, com músicas e letras próprias. A prova de conceito foi o primeiro tema que escrevi para a Maria João (“I Feel so Blessed”) que estreamos no segundo concerto que fizemos juntos na Casa da Música. A voz da João deu vida ao tema e a parceria estava provada para nós. 

 

 

 

Podemos dizer que este disco é um encontro entre os blues e o jazz ou há  mais géneros musicais aqui? 

 

É um disco de Blues com o mundo à mistura. Todos nós ouvimos música de todos os cantos do mundo. Aquilo que o disco não é garantidamente é uma disco de clássicos. Quisemos por na mesa as influências e vivências de cada um, quer através das letras, quer das musicas e dos arranjos. Ninguém se adaptou! Todos sofremos uma  metamorfose colectiva e criamos algo no meio do caminho. 

 

 

 

Qual é a principal mensagem que tentam transmitir neste disco? 

 

A Felicidade que sentimos por podermos partilhar palco e estúdio, por sermos capazes de alargar horizontes todos os dias e celebrar o Blues como veículo dessa liberdade e Felicidade. O Blues é um Doo de vida e não um estilo de música, confinado a regras rígidas. 

 

 

 

Sendo os temas tão pessoais, acham que há uma maior facilidade de as  pessoas se identificarem com as histórias que eles contam? 

 

Não pensei muito nisso, mas talvez haja. Os temas falam de assuntos pessoais de uma forma muito honesta. Acho que as pessoas se revêm na honestidade, mais até do que nas histórias. O público percebe facilmente se o artista é verdadeiro e genuíno, ou se é um produto fabricado. 

 

 

 

Este disco conta com alguns convidados. Quem são? 

 

O disco tem apenas como convidados a secção de sopros constituída por Samuel Silva (Sax Tenor e Baritono), João Seco (trombone) e Bruno Rocha (Trompete), em dois temas. Quisemos ir buscar essa sonoridade para dois dos temas. 

 

 

 

Para quem quiser saber mais sobre este vosso trabalho onde vos poderá  contactar? 

 

Através do facebook ou do site da Mobydick Records (www.mobydickrecords.com) ou do site de Budda Power Blues (www.buddapowerblues.com) 

 

 

 

Em termos de espectáculo, há algo que já possa ser devendado? 

 

Estão marcados uma série de espectáculos, sendo de destacar o primeiro e o que marcará o lançamento do disco. Será no dia 2 de Março no CCB. 

 

 

 

Sendo o disco todo em inglês, questiono para quando um disco totalmente  em português? Há essa possibilidade? 

 

Nunca pensamos sobre isso. Sendo um disco de Blues, o inglês é mais uma das ferramentas inerentes ao estilo tal como o fado não faria muito sentido se não fosse em português! No entanto nunca digo nunca!! (risos) 

 

 

 

Numa única palavra como classificariam este trabalho? 

 

Partilha.

 

 

 

Como convidam o público a ouvir e adquirir este disco? 

 

O disco estará disponível através dos sites da Mobydick Records e de Budda Power Blues, estará também nas plataformas digitais e naturalmente nas lojas habituais.

One thought on “Budda Power Blues e Maria João: “Os temas falam de assuntos pessoais de uma forma muito honesta”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.