Três matadores de touros portugueses compuseram o cartel da corrida de touros que se realizou, esta sexta-feira, no Campo Pequeno.

António João Ferreira, Manuel Dias Gomes e João Silva ‘El Juanito’ enfrentaram touros da ganadaria Calejo Pires.

Como aqui já demos conta, António João Ferreira foi colhido aquando da lide do quarto touro da noite, o segundo do seu lote, tendo mesmo assim, em visível debilidade física, terminado a lide. Foi posteriormente transportado à enfermaria da praça e encaminhado para o Hospital Santa Maria.

Rui Bento Vasques, director de actividades tauromáquicas do Campo Pequeno, apostou e arriscou, ao apresentar um cartel apenas com matadores, e ainda por cima portugueses, num país claramente mais adepto do toureio a cavalo. Final de mês de férias, nenhum nome sonante em cartel, e ainda assim colocam aproximadamente, meia casa de lotação preenchida. Não poderão agora os críticos, deste gestor taurino, dizer que não aposta em toureio a pé nem em matadores portugueses. Fê-lo e tem mérito nisso.

António João Ferreira teve uma primeira faena sem história, frente a um oponente com excesso de peso e escassa investida. No capote lanceou por verónicas e posteriormente por gaoneras, com um quite de Manuel Dias Gomes por chicuelinas, entretanto. Na muleta não conseguiu uma tanda, ficando-se por passes soltos. Sem música e sem volta, por motivos óbvios.

No segundo touro, o quarto da corrida, continuou a sua má sorte. Frente a um touro de investida pouco franca. Novamente discreto no capote, brilhantismo para os seus bandarilheiros no tércio de bandarilhas. Na muleta e quando estava na melhor tanda da sua actuação, sofreu voltareta, atrás referida. Apenas laivos da sua qualidade, numa noite em que teve o pior lote de touros da corrida.

Manuel Dias Gomes teve duas faenas de mérito. Na primeira destaque para a espectacularidade no capote, onde se destacou frente ao seu oponente, por verónicas e tafalleras, intercaladas por um quite de Juanito por saltilleras. Construiu no capote uma interessante faena, com várias tandas de valor, frente a um touro que foi em decréscimo durante a actuação do matador lusitano.

Frente ao quinto touro da corrida, voltou a estar bem. Na muleta foi onde mais se destacou com bonitas séries por ambos os pitons. Esteve mandão frente ao seu oponente. Em ambas as faenas foi premiado com volta à arena e música durante a actuação.

João Silva, mais conhecido por El Juanito, teve passagem positiva por Lisboa. Na primeira ‘apenas’ se viu na muleta e desenvolvendo maioritariamente a actuação nos terrenos médios, por ambos os pitons, superiorizando-se ao seu oponente, e rematando com desplantes. Faena premiada com música e volta, na qual ia ‘abusando’…

Frente ao touro que encerrou a corrida, o sexto, foi rápido mas poderoso. Lide curta mas com muito de positivo, a começar na atitude, destacando-se numa tanda de naturais e ainda em séries por ambos os pitons. Juanito tem tudo para se destacar, desde que aposte em ser protagonista toureando… e não em constante recolha de aplausos do público. Faena premiada com música e volta.

Ricardo Dias dirigiu a corrida, sendo assessorado por Jorge Moreira da Silva.

Antes da corrida, pelas 20:00, teve lugar, no átrio da porta principal, uma aula de toureio de salão.

 

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: João de Sousa

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6269 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.