Campo Pequeno: Jorge Palma levou-nos à ‘Terra dos Sonhos’, cantou ‘A Gente Vai continuar’ e revelou que “espero ver-vos muitas, muitas vezes”

A Praça de Touros do Campo Pequeno recebeu, esta sexta-feira, o primeiro concerto do “Santa Casa Portugal ao Vivo“. Jorge Palma deu assim início a um ciclo de 20 concertos, de vários artistas, nesta sala de espectáculos (aos quais acrescem mais 20 na Super Bock Arena, no Porto).

Jorge Palma é nome ímpar da cultura musical portuguesa. Músico exímio, profundo e extasiante letrista, a que junta uma alma vivida e que se agiganta em palco.

Agora, numa altura em que os sorrisos se escondem e os olhos se destacam, a música de qualidade, como a que Palma produz, torna-se essencial para o alimento da alma e do intelecto.

Pelas 21:00, hora marcada para o concerto, Jorge Palma subiu a palco com os seus músicos para durante 1 hora e 19 minutos, dar o melhor da sua vasta obra, construída ao longo de muitos anos.

Ao longo do espectáculo, Jorge Palma interpretou muitos dos temas mais conhecidos do público. Com guitarra, ao piano, com banda e sozinho ou em dueto com o seu filho, Palma esteve dinâmico, versátil e com a qualidade que lhe é reconhecido. 70 anos à volta do sol, e a luz de Palma continua a brilhar com intensidade máxima.

Nuno Lucas, João Correia, Vicente Palma Gabriel Gomes, Pedro Vidal foram os músicos que acompanharam Jorge Palma, em palco.

O som esteve a cargo de Mário Pereira; Hugo Coelho nas luzes (na canção Estrela do Mar, o desenho de luz foi absolutamente maravilhoso) e Bruno Couto no som de palco.

A terminar o espectáculo, disse ao público que gostava de os voltar a ver “muitas vezes”.

Também esperamos ver em breve, e muitas mais vezes, Jorge Palma, um dos génios da música portuguesa.

Destaque muito positivo ainda para a organização exímia, como tem sido habitual, da Everything is New, principalmente em todas as questões relacionadas com a segurança e distanciamento.

Alinhamento:

Tempo dos Assassinos

Dormia tão sossegada

Cara de Anjo mau

Dá-me Lume

Trapézio

Canção de Lisboa

Bairro do Amor

Estrela do Mar

Na terra dos sonhos

Encosta-te a mim

Frágil

Deixa-me Rir

Portugal, Portugal.

A gente vai continuar

Quero o meu dinheiro de volta

Qualquer coisa para a música

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: Rute Nunes e Carlos Pedroso

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6784 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.