Capote Fest traz um Festival de Música Moderna Portuguesa a Évora

Cartaz Capote Fest 2017

 

O Capote Fest, que é um Festival de Música Moderna Portuguesa, decorre nos dias 04,05 e 06 de Maio na Sociedade Harmonia Eborense e na S.O.I.R – Joaquim António de Aguiar. Na segunda edição do Capote Fest 9 bandas vão representar o melhor que se faz em Portugal.

 

 

Este ano o Festival estende-se à Sociedade Harmonia Eborense (SHE) somando mais um dia de programação, que começa no dia 04 de Maio e fica à responsabilidade de Cassete Pirata (que se apresentaram ao público com o tema “Outra Vez”). O concerto começa às 23:00 e a entrada é livre para os sócios da SHE, 3€ para os sócios temporários.

 

 

A 05 e 06 de Maio as portas da S.O.I.R – JAA, parceira do Capote Fest, abrem às 22:00 e pelo seu palco  passam concertos de Riding Pânico ( formados por membros dos Paus, Marvel Lima ou os Quelle Dead Gazelle), Sequin (trazem melodias doces entrelaçadas na volúpia de sons delicados e produzidas de forma exímia), Bicho do Mato (banda original de Évora), Madrepaz (nascidos da curiosidade do Tarot e de subsequentes retiros criativos), Bom Marido (naturais de Lisboa), Surreal Prisma (trazem rock com alma de funk),  Baleia Piloto (nasceram em 2016) e Cassete Riscada (banda de Évora que deambula entre o rock e o punk).

 

 

Após os concertos na S.O.I.R – JAA, o Festival continua no Pós-Capote com os Dj’s Altamont na discoteca Praxis a partir das 03:00. A pulseira do Festival dá acesso à entrada.

 

 

O Capote é um festival de música portuguesa, que pretende elevar Évora no roteiro nacional dos festivais de música atraindo cada vez mais pessoas à cidade. Os bilhetes custam 7€ (para um dia), 10€ (dois dias). Na compra do passe de dois dias há uma oferta de duas cervejas.

 

 

O Capote Fest é uma iniciativa da Capote Música, um colectivo independente de Évora que apoia a produção musical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.