Carlos-Leitão-CCB-3

 

Dia 20 de Maio pelas 21:00, o fadista Carlos Leitão apresenta “Sala de Estar” no Pequeno Auditório do Centro Cultural de Belém.

 

 

Trata-se de um dos discos mais estimulantes da música portuguesa em 2017 e para a sala lisboeta está preparado um espectáculo intimista, tal qual fosse numa sala de estar.

 

Dois meses após ter lançado o seu mais recente CD, “Sala de Estar”, Carlos Leitão tem preparado o espectáculo de sábado, dia 20 de Maio, dividindo-se entre inúmeras acções de promoção do mesmo. Num alinhamento centrado no novo disco, mas visitando o seu primeiro álbum “Do Quarto”, Carlos Leitão prepara a “sala de estar” para receber um público que lhe é fiel e que, a 3 dias do concerto, lhe proporciona uma sala praticamente esgotada” refere a nota de imprensa.

 

 

No próximo sábado, viaja-se entre as composições originais e o fado tradicional, entre o sangue lisboeta e a alma alentejana, com intensidade e cumplicidade, num ambiente intimista que a música de Carlos Leitão sempre sugere” acrescenta a mesma nota, solicitando ainda a todos os que ali se desloquem para que “Fiquem à vontade!”.

 

 

Ainda podem ser adquiridos bilhetes aqui.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6262 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.