Casino Estoril recebe Carmo Moniz Pereira e D António de Noronha em noite de fado

casino Estoril

 

Em noite de fado no Casino Estoril, agendada para a próxima Quarta-Feira, 22 de Março, a partir das 22 horas, Carmo Moniz Pereira e D. António de Noronha sobem ao palco do Lounge D acompanhados por Diogo Lucena Quadros e Bernardo Romão, nas guitarras, e Luis Roquette, na viola. A entrada é livre. 

 

 

 

Com um registo intimista, Carmo Moniz Pereira e D. António de Noronha revelam diferentes estilos interpretativos, convidando o público a recordar várias composições que se tornaram intemporais. 

 

 

 

Nasceu numa família amante da música e em especial do fado, tendo descoberto, muito jovem, o gosto pelo canto. Aos 15 anos foi convidada para cantar fado numa festa de beneficência, a partir da qual começaram a surgir convites para participar noutros eventos. Cantou em regime fixo em dois restaurantes com fados: o “Damas” e o restaurante do “Jockey”. 

 

 

 

Ganhou, em 2010, o 1º Prémio Maria Severa do Concurso “Há Fado na Mouraria”, concurso que teve lugar no Teatro Trindade e cujo júri contou com os especialistas de fado José Pracana, José Manuel Osório e Helder Moutinho. Fundou, posteriormente, com os fadistas Francisco Salvação Barreto e Matilde Cid o projecto Fado Rezado, tendo como objectivo levar o fado tradicional às celebrações cristãs, como forma de oração. 

 

 

 

Ser fadista não é só cantar o fado. É senti-lo e cantá-lo naturalmente, sem preocupação de estilos. Quando isso acontece, acontece a tal verdade de que o fado é feito e que o torna pessoal e diferente, como diferentes são também as pessoas que o cantam. Assim é o fado de D. António de Noronha. 

 

 

 

O cartaz renova-se, às Quartas-Feiras, a partir das 22 horas, com um elenco a não perder. Teresa Siqueira e Gonçalo Castelbranco sobem ao palco no dia 29 de Março. 

 

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.  

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6334 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.