“Cem Anos de Solidão” é o novo livro da Coleção Essencial – Livros RTP

capa_cem_anos_solidao1

 

“Cem Anos de Solidão”, de Gabriel Garcia Márquez, com prefácio de Alberto Manguel, é o novo livro da Coleção Essencial – Livros RTP.

 

 

“Quando, depois de pôr um ponto final a Cem Anos de Solidão, em 1966, o manuscrito foi rejeitado pelo editor espanhol Carlos Barral que lhe disse que um romance como este “não se venderia”, García Márquez decidiu então propô-lo à editorial Sudamericana, de Buenos Aires, mas teve que enviá-lo por duas vezes, porque não tinha dinheiro bastante para pagar o envio do manuscrito completo.” descreve o ensaista de origem argentina, Alberto Manguel no prefácio.

 

 

“Aureliano Buendía haveria de recordar aquela tarde remota em que o pai o levou a conhecer o gelo.”. Com estas palavras, já tão célebres, inicia-se a obra “Cem Anos de Solidão”, obra-prima da literatura contemporânea, traduzida em todas as línguas do mundo, e que consagrou Gabriel García Marquez como um dos maiores escritores do nosso tempo e considerado o pai do realismo mágico latino-americano.

 

 

A fabulosa aventura da família Buendía-Iguarán com os seus milagres, fantasias, obsessões, tragédias, incestos, adultérios, rebeldias, descobertas e condenações são a representação ao mesmo tempo do mito e da história, da tragédia e do amor do mundo inteiro servem para prender o público da primeira página até a última página.

 

 

O livro do Prémio Nobel da Literatura Colombiano, que morreu em 2014 na Cidade do México, chega esta semana às livrarias portuguesas e é o sétimo volume da iniciativa conjunta da RTP e da LeYa. O livro está disponível em capa dura pelo preço de 10 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.