O Cirque du Soleil regressa a Lisboa, no próximo mês de Janeiro, com um dos mais emocionantes espectáculos da companhia: OVO. A história sobre um mundo de insectos agitado pela chegada imprevista de um ovo misterioso, é composta por 50 artistas, de 14 países, especializados em actos acrobáticos e estará em exibição entre 03 a 13 de Janeiro de 2019, na Altice Arena.

 

 

A pré-venda oficial para membros do clube de fãs Cirque Du Soleil vai estar disponível hoje a partir das 15:00, no site oficial da companhia. Para o restante público, a venda geral de bilhetes arranca esta sexta-feira, 17 de Agosto, às 10:00 nos locais habituais.

 

Sessões OVO | 03 a 13 de Janeiro de 2019

Quinta-feira •  03 Janeiro •  21:30

Sexta-feira • 04 Janeiro • 18:00 / 21:30

Sábado • 05 Janeiro • 18:00 / 21:30

Domingo • 06 Janeiro • 14:30 / 18:00

Terça-feira • 08 Janeiro •  21:30

Quarta-feira • 09 Janeiro •  21:30

Quinta-feira • 10 Janeiro •  21h30

Sexta-feira • 11 Janeiro •  21:30

Sábado • 12 Janeiro • 18:00 / 21:30

Domingo • 13 Janeiro • 14:30 / 18:00

 

“Ovo” – cujo nome curiosamente se mantém em português e no original –  conta a história de uma precipitada corrida para um ecossistema cheio de vida e de cor, onde insectos trabalham, comem, rastejam, brincam, lutam e até se apaixonam. Tudo isto num enorme e grandioso tumulto de energia, onde o contraste entre o barulho e o silêncio são um dos ingredientes principais que prometem surpreender até o espectador mais céptico.

A vida flui com toda a intensidade neste universo animado, até que, um dia, um ovo misterioso aparece no meio dos insectos. A surpresa e a curiosidade pelo objecto icónico tornam-se no enredo perfeito para uma história única, que para além de retractar o ciclo da vida na sua ordem mais natural, aborda o amor inocente entre uma sedutora Joaninha e o insecto desajeitado que nasce do ovo invulgar.

OVO é a natureza sem filtros. Um retrato fictício repleto de imaginação, luz, som e emoção, onde cada personagem assume um papel que promete transformar a nossa maneira de olhar para a natureza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.