A fadista Cláudia Picado acaba de aceitar um convite a nível internacional que muito a honra, pois obtém mais uma vez o reconhecimento por toda a sua arte do outro lado do mundo. Um convite que vai cruzar a cultura portuguesa com a de outros povos do Médio Oriente: Amer Nakhleh, diretor/manager da Beit Almusica (único conservatório de música árabe-palestiniana reconhecido em Israel) convidou a fadista portuguesa a gravar um disco, durante o mês de agosto, em que o intercâmbio musical e cultural será predominante. Será editado em Israel e distribuído por diversos países.

 

O projeto “Artist Cooperation – Portuguese Fado & ArabicMusic” pretende registar em atmosfera real a extraordinária fusão do talento da fadista e de todos os músicos envolvidos neste projecto, onde a cooperação e intercâmbio musical dos dois países serão desenvolvidos, indo além dos limites da língua e das diferenças culturais.

 

A fadista levará consigo um músico, José Duarte (guitarra portuguesa), e conta ainda com seis músicos palestinianos. Nascerá uma nova expressão artística no diálogo e mútuo entendimento musical e cultural entre Portugal e a comunidade palestiniana da cidade de Shafa’amr.

 

A razão pela qual o fado e a música árabe podem encontrar-se e fundir-se numa nova expressão artística criada neste projecto, não se deve apenas ao talento criativo da cantora e de todos os músicos e compositores, mas também devido a algumas semelhanças e raízes históricas entre os dois géneros musicais.

 

A fadista preparou uma surpresa que irá surpreender Amer Nakhleh, levando na sua bagagem um desafio que lançou ao poeta Mário Rainho, que aceitou o convite da fadista para compor neste projecto.

 

Nota: Devido à importância desta iniciativa, que muito a deixa orgulhosa, Cláudia Picado irá adiar o lançamento do seu novo disco de originais em Portugal, um disco em que consolida todos os seus gostos musicais. Ao fim de 18 anos de carreira, a fadista irá arriscar numa produção inédita que conta com os poetas e músicos do panorama musical português com que mais se identifica. Tozé Brito, Jorge Fernando, Guilherme Banza, Mário Rainho e Tiago Torres da Silva são alguns dos nomes que compõem para a fadista neste álbum.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6223 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.