Companhia Mascarenhas-Martins assinala o primeiro aniversário

Mascarenhas-Martins

 

A Companhia Mascarenhas-Martins assinala o primeiro aniversário no dia 14 de Janeiro com uma conversa e um concerto.

 

O aniversário vai ser comemorado com um regresso à reflexão e à música na Casa Mora, Montijo. Os desafios e dificuldades enfrentados pelas novas estruturas de criação artística serão a base a partir da qual se discutirá a importância da cultura e da sua oferta regular. 

 

 

Se há um ano a memória do período em torno de 25 de Abril de 1974 foi central, desta feita o debate incidirá sobre o período marcado pela crise que eclodiu em 2008. Um período no qual o teatro, e as artes em geral, foram constantemente sacrificados em nome da sustentabilidade económica. O que terá feito, porém, com que todos estes jovens se recusassem a aceitar a ideia de que a cultura se deve vergar ao jugo da economia?

 

 

Um ano depois de um primeiro encontro que contou com a presença de nomes como: Luís Miguel Cintra, João Brites, João Lourenço e Vera San Payo de Lemos, têm o regresso marcado à Casa Mora, Montijo. Desta vez a conversa, com começa pelas 16:00, decorrerá com membros de algumas jovens companhias, como: Os Possessos, Teatro da Cidade e Terceira Pessoa, e será moderada por ser Miguel Branco.

 

 

De noite, pelas 21:30, vários elementos da Companhia Mascarenhas-Martins vão oferecer um concerto dedicado à música portuguesa.

 

 

Neste dia será também apresentada ao público a obra de Duarte Crispim que dá origem a todas as imagens alusivas a esta comemoração. Todas estas actividades têm entrada livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.