Corrida TVI: Campo Pequeno celebrou 35 anos de alternativa de Rui Salvador, em noite de triunfo para Luís Rouxinol

Foto: Campo Pequeno

 

 

O Campo Pequeno recebeu esta quinta-feira, 8 de Agosto, mais uma corrida do seu abono tauromáquico. Intitulada a Corrida do Emigrante, transmitida pela TVI, foi também palco para celebrar os 35 anos de alternativa do cavaleiro Rui Salvador.

Em cartel, e além do já referido Rui Salvador, estiveram os cavaleiros João Moura e Luís Rouxinol. Frente a touros da ganadaria Veiga Teixeira, actuaram ainda os Forcados Amadores de Tomar, São Manços e Caldas da Rainha.

Perante uma casa com três quartos da sua lotação preenchida, o destaque nas lides equestres vai para Luís Rouxinol. O cavaleiro que toureou em dia de aniversário esteve inspirado e desenvolveu duas lides de qualidade elevada. Soube entender os touros que teve por diante, de distintos comportamentos, com o primeiro (terceiro da noite) a exigir mais do cavaleiro de Pegões e este a responder com todos os trunfos de que dispõe e que fazem dele um dos melhores na sua arte. Bem na brega, escolhendo a preceito os terrenos, medindo distâncias e cravando como mandam as regras. Na sua segunda lide, que encerrou a corrida, esteve vistoso e exuberante, destacando-se na brega e no término da lide, já triunfal, com par de bandarilhas e palmito.

João Moura, revolucionário do toureio a cavalo, teve duas passagens dignas e meritórias pela arena lisboeta e nos dois touros que teve por diante teve momentos em que demonstrou o porquê de ser referência para muitos nesta área.

Rui Salvador, o toureiro dos ferros impossíveis, esteve esforçado nas suas duas lides e demonstrou algumas das valências que lhe permitem estar no topo ao longo de todos estes anos. Um toureiro com coração forte e de energia quase inesgotável.

No sector da pegas, foram caras Ricardo Silva (2ª tentativa) e Luis Campino (1ª tentativa), pelos Amadores de Tomar; Pedro Fonseca foi dobrado por Jorge Valadas, após duas tentativas mal sucedidas e saindo lesionado, tendo Jorge Valadas pegado à sua segunda tentativa (4ª tentativa) e João Fortunato (2ª tentativa), pelos Amadores de São Manços; Francisco Mascarenhas (4ª tentativa) e Lourenço Palha (1ª tentativa), pelos Amadores das Caldas da Rainha.

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6332 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.