“Crime e Castigo” estreia na Rua das Gaivotas

crime e castigo

 

A criação e performance de João Estevens e Mafalda Miranda Jacito, “Crime e Castigo”, estreia no dia 25 de Maio, na Rua das Gaivotas 6, em Lisboa, e poderá ser visto até ao dia 28.

 

 

Este espectáculo é um processo criativo transdisciplinar, uma vez que se cruza diferentes referências, do teatro à dança, da ciência politica à filosofia, ou à literatura, e cujo processo cruzou princípios do “devising theatre”, da composição coreográfica e da composição em tempo real. Há, também, um diálogo com a obra “Crime e Castigo”, de Dostoievski, um diálogo paralelo, porque nunca chegam a entrar na obra.

 

 

“Crime e Castigo” é uma performance que visa questionar e potenciar reflexão sobre as noções aparentemente dicotómicas de crime/castigo, norma/transgressão, certo/errado, sucesso/fracasso, inclusão/exclusão, não só conceptualmente como no âmbito da própria criação, procurando a desconstrução do estabelecido e do dominante. Em cena estarão apenas dois performers (Mafalda Miranda Jacinto e João Estevens), que criam um jogo para compreender a forma como as regras são criadas, como se constituem enquanto elemento do poder, como se alteram, como se transgridem e como a falha não tem de resultar em castigo e em culpa.

 

 

Para além de João Estevens e Mafalda Miranda Jacito, “Crime e Castigo” tem o apoio do Fórum Dança (Lisboa), do Teatro Rivoli (Porto) ou do Teatro do Mar (Sines).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.