IMG_4833 cópia

 

 

O São Luiz Teatro Municipal acolheu esta segunda-feira, 27 de Março, o espectáculo “Vida” com a fadista Cristina Nóbrega.

 

 

No Dia Mundial do Teatro, houve uma excessiva preocupação com a encenação deste espectáculo que o essencial, o fado, ficou em segundo plano. Cristina Nóbrega tem uma presença muito bonita em palco, sabe comunicar, tem potencial vocal mas conta com limitações que impedem o brilho na interpretação e o êxito do espectáculo.

 

 

O espectáculo iniciou-se com sons de uma lisboa antiga a ecoarem pelo São Luiz, como pregões ou amoladores. Seguiu-se uma introdução instrumental ao som do cajon, antes de se abrirem as cortinas do palco, onde Cristina Nóbrega estava acompanhada pelos músicos.

 

 

Em termos de alinhamento foi inteligente e mostrou ter uma grande sensibilidade em termos de coerência e construção de um espectáculo, contando uma história em vários actos, numa viagem que tinha como ponto de partida Lisboa mas que abraçou o mundo. Desde as sonoridades até ao idioma cantado.

 

 

“Duas lágrimas de orvalho”, “Zanguei-me com o meu amor”, “Malmequer Pequenino” foram alguns dos temas que antecederam algumas interpretações em castelhano: “Maria la Portuguesa” ou “Rosa y Clavel”.

 

 

A anteceder a habitual guitarrada (brilhantemente interpretada), houve um momento de flamenco ao som do cajon e da bailarina convidada, Sofia Abraços.  João Roque, fadista e que acaba de lançar um disco, foi também convidado deste espectáculo e mostrou qualidade vocal, interpretação correcta, dicção a preceito e uma garra que prende o ouvinte.

 IMG_4988 cópia

 

Até ao final do espectáculo manteve-se o nível interpretativo acima referido. Houve cinco instrumentistas num plano de grande qualidade: Luís Pedro no cajon, João Penedo no contrabaixo, Miguel Gonçalves na viola de fado e ainda Luís e David Ribeiro na guitarra portuguesa.

 

 

Destaque para as imagens de Lisboa projectadas na tela que se encontrava em palco, dando beleza às melodias ouvidas. Em termos vocais, pouco mais há a dizer, num espectáculo com decibéis acima do que seria aconselhado, uma afinação que necessita ser melhorada e ainda uma alma e sentimento que devem ser transmitidos absorvendo interiormente a mensagem dos poetas. Os melismas quando usados em excesso tendem a não correr bem, ontem ficou provado.

 

 

O Teatro São Luiz não encheu para este espectáculo, vendo-se várias cadeiras vazias.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6432 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

2 thoughts on “Cristina Nóbrega: Voz com pouca “Vida” no São Luiz

  • Avatar

    Sr Antonio Manuel Teixeira , passou de jornalista do croquete a arrumador do croquete. Passou tanto tempo a contar as cadeiiras vazias , do Julio Pomar que foi hospitalizado, do Mestre Bordalo que teve uma indisposicao , do Jose Pacheco Pereira que teve um imprevisto. do General Ramalho Eanes que surgiu um compromisso. O concerto de ontem encheu ate ao primeiro nivel de camarotes , quando em todos os concertos a sexta e sabado so se vende plateia e frisas sendo metade de convites . Ontem o Sao Luiz esteve cheio de publico que comprou bilhete para ir ver as projeccoes e a MAIOR FADISTA DA ACTUALIDADE e a prova disso é esta noticia comprada a um bloguer mal intencionado e com intencoes obscuras . O Sr Rui Lavrador , na proxima vai ter direito a croquetes para dar nome a forma como é conhecido no seu obscuro mundo O JORNALISTA DO CROQUETE .

    Reply
  • Avatar

    Porque foi apagado o meu comentario sr tony mane teixeira ???

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.