O Arena Lounge, no Casino Lisboa, recebeu esta segunda-feira mais um espectáculo integrado no ciclo de concertos de entrada gratuita que ali têm acontecido e que prolongar-se-ão até final do ano.

O cartaz tem levado ao Casino Lisboa vários nomes sonantes da actualidade musical portuguesa. Esta segunda-feira, actuou a cantora Cuca Roseta.

Após os discos ‘Cuca Roseta’, ‘Raiz’ e ‘Riû’, está prestes a chegar ao fim a digressão de ‘Luz’, o seu último disco.

Digressão na qual se enquadrou o espectáculo que ontem apresentou em Lisboa, o qual abriu com o tema ‘Não demores’. De seguida cumprimentou a assistência, “Boa noite Casino Lisboa“, e interpretou logo de seguida um tema com temática amorosa, ‘Quero’.

Depois de ‘Amor Ladrão’, lembrou Amália Rodrigues com ‘Triste Sina’, viajou até “ao nosso lindo Alentejo” com o tema ‘Alecrim’, para logo de seguida subir ao Norte com o tema ‘Rosinha da Serra D’ Arga”.

Este espectáculo tinha como um dos grandes pontos de interesse, a apresentação de algumas novidades relativas ao novo disco. Assim, foi sem surpresa que do alinhamento constou ‘Amor de Domingo’, que conta com letra e música da autoria de Cuca Roseta.

Neste espectáculo, a cantora apostou num alinhamento que foi do fado tradicional à música pop e das marchas ao folclore. Aliás, um dos pontos de destaque deste espectáculo foi a sua dinâmica, que obrigou a fadista a dar tudo na capital, sendo reconhecida pelo público que em bom número ali se deslocou.

Sou do Fado e ‘Marcha da Esperança’ antecederam a habitual guitarrada, executada apenas com os seus músicos no palco. De regresso ao palco, trouxe ‘Fado Malhoa’, logo seguido de ‘Fado dos Sentidos’.

‘Nos teus braços’ foi o primeiro tema escrito por si, e “por causa deste tema surgiu outro caminho na minha vida, a verdade que o fado exige, e assim poder dar um pouco mais de mim“, disse antes de o interpretar. No final da interpretação acrescentou “é sempre bom regressar ao início”.

Até ao final do espectáculo, no qual foi fortemente aplaudida, tempo para ouvirmos ‘Versos Contados’, ‘Foi Deus’, ‘Balelas’ e ‘Vira do Minho’.

Após insistência do público, regressou para mais dois temas: ‘Boa Nova’ e ‘Marcha do Centenário’.

Para 2020 esta previsto novo disco. Cuca Roseta foi acompanhada por Sandro Costa, Marino de Freitas, Diogo Clemente, Rúben Alves e Ivo Costa.

Nota: O Infocul.pt solicitou atempadamente entrevista com a cantora Cuca Roseta. Recebemos esta segunda-feira a informação de que não seria possível. A entrevista não realizada é completamente alheia à nossa vontade.

Hoje a noite é de Fado e de Cuca Roseta! A combinação para esta noite não podia ser melhor, certo?

Publicado por Casino Lisboa em Segunda-feira, 25 de novembro de 2019

 

A emoção está a ser muita no palco do Arena Lounge! Esta noite vai ficar na memória ❤

Publicado por Casino Lisboa em Segunda-feira, 25 de novembro de 2019

 

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: Facebook Oficial de Cuca Roseta
Vídeos: Facebook Oficial Casino Lisboa.

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6441 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.