festa do avante

 

 

Aproxima-se mais uma edição da Festa do Avante na Quinta da Atalaia. As artes, o convívio, a gastronomia e o artesanato, entre outras actividades, vão preencher durante três dias uma festa que ultrapassa as cores politicas.

 

 

 

No que à música se refere, não faltam motivos de interesse. Do fado ao rock, do folk ao cante, da pop ao jazz.

O Infocul dá, aos festivaleiros do Avante, dez sugestões de espectáculos a não perder:

 

 

 

António Zambujo: O cantor alentejano dispensa apresentações. A sua voz doce viaja por sonoridades que vão do cante à bossa nova, sem esquecer o Fado. É provável que apresente o disco de tributo a Chico Buarque, na Quinta da Atalaia. Actua no sábado, pelas 22:00, no Palco 25 de Abril.

 

 

 

João Afonso: O cantautor tem uma carreira marcada pelos sons lusófonos e consegue reinventar-se a cada espectáculo. Actua no sábado, pelas 21:30, no Auditório 1º de Maio.

 

 

 

João Gil: São 40 anos de canções, 40 anos de êxitos, de um dos nomes maiores da música portuguesa. É preciso mais algum motivo?! Actua no sábado, pelas 21:00, no Palco 25 de Abril.

 

 

 

Júlio Pereira: O homem do cavaquinho. Prepare-se para viajar por sonoridades tradicionais ao som de um instrumento único. Actua pelas 23:30, de sábado, no Auditório 1º de Maio.

 

 

 

Clã: A banda liderada por Manuela Azevedo tem cada vez mais energia à medida que os anos passam e a qualidade aumenta. Prepare-se para um concerto frenético recheado de boa música. Actuam pelas 15:00, de domingo, no Auditório 1º de Maio.

 

 

 

Gisela João: A fadista irrequieta promete virar o Avante do avesso. É o regresso após a pequena intervenção cirúrgica que teve e que a obrigou a cancelar dois espectáculos. Fado, Viras, Malhões e outras sonoridades por uma voz tipicamente portuguesa. Actua pelas 21:30, de domingo, no Auditório 1º de Maio.

 

 

 

Helder Moutinho: Uma das vozes mais carismáticas do Fado. Actua no Auditório 1º de Maio, pelas 19:30, de domingo.

 

 

 

Tânia Oleiro: “Terços de Fado” é o seu primeiro e recente disco, ao fim de quinze anos de fados. A postura sóbria contrasta com uma voz carregada de sentimento. Actua pelas 20:30, de domingo, no Auditório 1º de Maio.

 

 

 

Pedro Jóia Trio: Um guitarrista sublime acompanhado por músicos de excepção. Prepare-se para uma viagem quase sensorial… Actua pelas 16:00, de domingo, no Auditório 1º de Maio.

 

 

 

Paulo Bragança: Está de regresso o fadista que faz do carisma e da interpretação as suas mais valias. Actua pelas 23:00, de sábado, no Espaço Fado Lisboa.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6784 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

2 thoughts on “Dez concertos a não perder na Festa do Avante!

  • Avatar

    Paulo Bragança proporcionou momentos de excelência. Um fadista que, sendo o fado do povo, é de todos nós. Paulo Bragança tem o coração a derreter emoções que lhe escorrem pela garganta. Acho que não tem noção da sua grandiosidade, humildade… Obrigada por voltares Paulo Bragança. A ouvi-lo a nossa portugalidade fica traduzida. Obrigada por cantares.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.